quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Denúncia: Vereador flagra acúmulo de lixo hospitalar nas unidades de saúde de Goiana

 
Os materiais estariam acumulados há aproximadamente 3 meses e provocam risco aos profissionais das unidades e à população

O vereador André Rabicó (PR) flagrou o acúmulo de lixo hospitalar em duas unidades de saúde do município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, nestes últimos dias. Os materiais estariam acumulados há aproximadamente 3 meses e provocam risco aos profissionais das unidades e à população.

Leia também:
Vereadores denunciam van da Prefeitura abandonada há meses
Vereadores denunciam unidades desativadas do SAMU Goiana
Bruno Salsa denuncia precariedade e produção maquiada na Saúde de Goiana
Vereadores flagram falta de medicamentos, PSFs fechados e obras abandonadas
Vereadores de Goiana flagram irregularidades em sala de fisioterapia de policlínica

Segundo informações obtidas pelo Blog do Anderson Pereira, os profissionais das unidades de saúde (Flexeiras, São Lourenço e Tejucupapo) já teriam informado a Prefeitura de Goiana sobre a urgente necessidade de coleta destes materiais, mas a Secretaria de Saúde ainda não teria solucionado a questão.

"O lixo que se acumula nesses locais e em quantidade excessiva, geram um forte odor, proliferando inúmeras doenças e a multiplicação de diversos agentes vetores causadores de patologias diversas. Segundo informações colhidas nas unidades, o lixo se acumula pelo fato do não pagamento a empresa responsável pelor recolhimento", disse o vereador André Rabicó.

"Devido ao perigo contaminante, o lixo hospitalar não pode se acumular de forma alguma nas unidades de saúde. É um risco tanto para pacientes quanto para os funcionários do município", complementou Rabicó.

De acordo com Rabicó, só após a sua denúncia na tribuna da Câmara de Vereadores, na noite da última terça-feira (7), a Prefeitura de Goiana finalmente se movimentou e realizou a devida coleta do lixo contaminante.

O vereador também enviou um ofício para o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através da Promotoria de Justiça de Goiana, solicitando a abertura de uma representação sobre a denúncia do acúmulo de lixo hospitalar nas unidades de Saúde da Família e Unidades Mistas do distrito por um período de 3 meses decorrente do não recolhimento do material. O documento contou com a assinatura dos vereadores André Rabicó, Bruno Salsa e Renato Sandré.

Blog do Anderson Pereira
 
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-