sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Polícia: Segundo envolvido no latrocínio de estudante é preso

Enterro de vítima aconteceu hoje pela manhã no Cemitério de Goiana

Policiais Militares da ROCAM da 3ª Companhia Independente de Goiana, sob o comando do Tenente Coronel Robson Cordeiro, prenderam, na manhã desta sexta-feira (11), por volta das 09h, um dos envolvidos no crime de latrocínio cometido contra um estudante de 21 anos durante uma tentativa de assalto, no município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. O crime aconteceu ontem (10), por volta das 12h.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Anderson Pereira, um adolescente de 17 anos foi apreendido escondido em sua residência no Loteamento Barro Vermelho, em Goiana. Ele é acusado de participar do latrocínio contra Edvaldo José Valença da Silveira Neto, popular "Netinho", de 21 anos, que foi baleado e morto após ser abordado no início da tarde de ontem (10). Após a investida criminosa, os bandidos conseguiram fugir. O menor conduzia o veículo utilizado no latrocínio.

Leia também:
Veículo utilizado em latrocínio é apreendido abandonado em canavial
Acusado de matar estudante de 21 anos em Goiana é preso
Rapaz de 21 anos é morto a tiros em plena luz do dia em Goiana
Foragido da justiça é preso com arma de fogo em Goiana

De acordo com informações apuradas pela polícia, o estudante teria tentado reagir, acelerando o carro, quando terminou sendo baleado na cabeça. Ele perdeu o controle do veículo e bateu em uma árvore, na calçada do Cine Teatro Polytheama. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, no Recife. Edvaldo morava no Recife, mas havia se mudado para Goiana há pouco tempo.

Poucas horas depois, as polícias Civil e Militar prenderam um dos criminosos, responsável por efetuar o disparo que matou Ednaldo. Thiago Gomes da Silva, o "Binho", de 25 anos, foi capturado na mesma cidade e confessou a participação na tentativa de assalto. O homem já tinha sido preso em maio de 2012, por roubo. Em janeiro de 2014, entrou no regime semiaberto. Fugiu em maio de 2014 da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, no Grande Recife. Ele voltou a ser preso em agosto de 2014, por porte ilegal de arma, e estava em liberdade condicional desde o dia 17 de março deste ano.

De acordo com a polícia, o trio pretendia tomar o carro que a vítima dirigia, um Jeep Renegade, para trocar por drogas. O assalto teria sido encomendado por um detento do Presídio de Igarassu, com forte atuação na região nos crimes de tráfico de drogas, roubo e clonagem de veículos. O detento teria pedido um Jeep Renegade ou uma caminhonete Hilux que seria vendido em outro estado e trocado por drogas. O caso está sendo investigado pela 44ª Delegacia de Goiana, sob o comando do delegado Thiago Uchoa. 


Agora, a polícia segue em diligências para capturar os demais envolvidos no crime e também a pessoa que iria receber o carro (receptador). Todos já foram identificados, inclusive o preso mandante, que serão indiciados por latrocínio.

O criminoso menor de idade foi autuado em flagrante por ato infracional e será conduzido para audiência de custódia.

Com informações do DiariodePernambucoBlog do Anderson Pereira
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-