quinta-feira, 29 de junho de 2017

Polícia: Prejuízo de tapetes furtados e recuperados seria de quase R$ 16 mil

Polícia Civil recuperou 26 dos 35 tapetes furtados da Associação das Tapeceiras de Lagoa do Carro no dia 23 de junho. As peças serão expostas na Fenearte

Depois de cinco dias de investigação, a Polícia Civil, com o apoio dos Malhas da Lei, recuperou parte dos tapetes furtados de dentro da Associação de Tapeceiras do município de Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. O furto aconteceu na madrugada do último dia 23.

De acordo com a polícia, 35 peças de tapeçaria, além de uma televisão foram levadas por suspeitos que ainda não foram identificados. O material foi encontrado na tarde desta terça-feira (27) dentro de uma sacola que estava jogada em uma mata na área rural da cidade.
Artesãs comemoram

De acordo com a polícia, das 35 peças furtadas, 26 estavam na sacola e foram entregues a artesã Eliane Maria, que confeccionou os tapetes para serem expostos na Fenearte, que acontece na próxima semana, em Olinda. Eliane contou que, há um ano, ela e mais seis mulheres estavam trabalhando na produção dos tapetes e com o furto das peças ela teria um prejuízo de R$ 6 mil.

Emocionada, Eliane comemorou a notícia. "Estamos na Fenearte agora com certeza mais felizes. Foi um choque grande", contou a mulher, que foi a mais afetada pelo furto. A presidente da Associação das Tapeceiras de Lagoa do Carro, Risolange Rodrigues, disse que o furto do material daria um prejuízo de aproximadamente R$ 16 mil para as artesãs, mas que em nenhum momento elas perderam a esperança de ter as peças de volta.
Localização e suspeitos

De acordo com a polícia, o material foi localizado com a ajuda da população e do pai de um dos suspeitos envolvido no furto, identificado como Paulo José da Silva, conhecido popularmente como Paulo Estaca, de 28 anos.

Segundo o delegado da Seccional de Goiana e que está responsável pelo caso, Jean Rockkfeller, Paulo estaca havia sido liberado há um mês numa audiência de custodia após ter sido detido suspeito de envolvimento a um assalto num estabelecimento comercial em Lagoa do Carro.

Até o momento, ninguém foi preso. A polícia continua as investigações para localizar os suspeitos e encontrar o restante das peças furtadas.
Matéria: Radiojornal
Vídeo: TVGlobo

0 Comentários:

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-