quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Operação Sicário: Empresário encontra-se foragido após ser acusado de latrocínio em Goiana. Três comparsas já foram presos

Policiais Civis da 16ª Delegacia de Homicídios de Goiana com o apoio da 11ª Delegacia Seccional, sob o comando do delegado Altemar Mamede Leite, estão à procura de um empresário local, também envolvido no latrocínio de um idoso no município de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco.

Segundo a polícia, a Operação Sicário, desencadeada no último dia 02 de dezembro, já prendeu três envolvidos no crime, restando ainda o Claudio Alberto da Silva, de 39 anos, que encontra-se foragido. Claudio teve participação ativa durante o crime. Ele também é pai de um dos acusados, que já foi preso.

Givaldo Gonçalves da Silva, 31 anos, Edson Carlos da Silva, 23 anos e Cláudio Alberto da Silva Júnior, 20 anos, já foram presos em cumprimento de mandado de prisão, expedidos pelo Juiz de Direito da Vara Criminal de Goiana, Dr. José Gilberto de Souza.


De acordo com o inquérito policial, eles teriam planejado e cometido o latrocínio, crime de roubo seguido de morte, contra o agiota Laelson Bezerra da Silva, de 67 anos, na manhã do dia 01 de novembro de 2016. Onde a vítima foi alvejada com quatro disparos de arma de fogo, sendo atingido duas vezes na cabeça, uma vez no braço e a última no abdômen, na Rua Nova Soledade, no centro da cidade.



Os três presos seguiram para o Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, onde permanecerão à disposição da justiça.

As investigações sobre o paradeiro do Claudio continuam. Inclusive a 16ª Delegacia de Homicídios pede a ajuda da população para localizar o acusado. Qualquer informação poderá ser comunicada anonimamente à polícia, através dos números (81) 3626-8720 ou pelo 3626-8688 (3ª Companhia Independente de Goiana).
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-