terça-feira, 24 de março de 2015

Após quatro anos: Professora demitida por ter câncer é reintegrada ao Colégio Damas nesta segunda

Direção propôs que Zuleide Elisa Almeida concluísse o ano letivo corrente em casa

Após ser demitida em dezembro de 2011, enquanto se tratava de um câncer na bexiga, a professora Zuleide Elisa Almeida foi reintegrada ao Colégio Damas, no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, na manhã desta segunda-feira (23). Segundo o advogado do Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro), Paulo Azevedo, a volta foi tranquila, porém, a diretora da instituição de ensino, irmã Socorro Freire, propôs que a docente, que ainda passa por tratamento quimioterápico, concluísse o ano letivo corrente em casa. A professora aceitou a proposta.

Em outubro de 2010, Zuleide foi diagnosticada com um câncer na bexiga e teve que se submeter a uma cirurgia para retirada do tumor. Após o procedimento, a professora ficou afastada das atividades, por determinação médica. Quando retornou ao colégio, Zuleide foi deslocada para outras funções, como atender telefone e cumprir carga horária dentro da sala dos professores, sendo demitida em seguida. O advogado do Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro), Paulo Azevedo, alegou que a dispensa de Zuleide foi discriminatória, já que a empresa não apresentou nenhum motivo plausível para a demissão.

Por isso, pleiteou reintegração ao emprego e indenização por danos morais. Em maio de 2013, o juiz do Trabalho, Renato Vieira de Farias julgou a ação como procedente e considerou a dispensa como discriminatória. Zuleide será indenizada em R$ 40 mil, por danos morais, e pagamento dos salários do período de afastamento até a reintegração, que aconteceu nesta segunda. A reportagem do FolhaPE entrou em contato com a assessoria de imprensa do Colégio Damas, que informou que não vai se posicionar sobre o caso.

Zuleide Almeida também é vice-diretora da Faculdade de Ciências e Tecnologia Professor Dirson Maciel de Barros (Fadimab), em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.

Com informações da FolhaPE

1 Comentários:

Germana Lasvignes disse...

A diretora do colégio Damas era e é Irma Alcilene Fernandes. Irma Socorro é outra freira do colégio. Está aí no site.
http://www.colegiodamas.com.br/site/secoes/home/index.php

Interessante a imprensa do colégio Damas nao se posicionar sobre o caso, pois sao tao preocupados com a imagem do colégio que deveriam se defender, nao é? Ou sendo mais justos, se desculparem...
Foi bom terem mandado ela descansar e se tratar em casa agora, depois de terem demitido e reintegrado, mas antes dessa história ser resolvida só fizeram demitir ela e rebaixar seu cargo e isso nao era justo pois ela tinha muita disposiçao e capacidade, digo isso como ex-aluna (exatamente em 2011) dela. Muita coincidência fazerem isso SOMENTE agora...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-