sábado, 24 de janeiro de 2015

Indústria: Polo Automotivo Jeep pode integrar o Plano Nacional de Exportação, diz Armando

O Polo Automotivo Jeep, em pré-operação em Goiana, pode integrar o Plano Nacional de Exportação (PNE), em elaboração pelo governo federal para recuperar agentes comerciais do exterior e reverter o cenário de 2014 de déficit de R$ 4 bilhões na balança comercial do Brasil. De acordo com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior (MDIC), Armando Monteiro Neto, o PNE deve ficar pronto em 30 dias e promete recuperar o nível das exportações.

"Em um ano de crescimento baixo, a solução é buscar novos mercados no exterior para reverter o quadro negativo, exportar para quem vem crescendo no mundo. Isso fará o setor industrial se movimentar e manter empregos", disse Armando, que visitou a unidade da Jeep nesta sexta-feira (23). Segundo o ministro, o setor automotivo terá uma parcela importante na recuperação do nível de exportação das indústrias brasileiras.

"Além do automotivo, todos os segmentos podem integrar o plano de exportação, porque o câmbio atual deixa a produção estrangeira mais cara e nossas exportações mais atraentes. Os Estados Unidos, por exemplo, são um mercado em potencial para isso. Somente no ano passado foram R$ 3 bilhões que enviamos em produtos para lá", destacou Armando Monteiro Neto.

De acordo com a Fiat/Chrysler, a planta do Polo Automotivo Jeep tem estrutura para produzir com qualidade e logística para atender toda a América Latina. Mas o mercado é quem vai dizer que países serão os mais atendidos pela produção local.

DiariodePernambuco

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-