sábado, 12 de dezembro de 2020

Polícia: Criminosos que fugiram a cavalo depois de roubar mercadinho em Goiana são presos

Assalto aconteceu na tarde da quinta-feira (10), na praia de Carne de Vaca, no Litoral Norte do estado. Dois homens encapuzados levaram todo o dinheiro do caixa, segundo proprietário.

Dois criminosos que fugiram a cavalo depois de assaltar um mercadinho na praia de Carne de Vaca, em Goiana, no Litoral Norte de Pernambuco, foram presos nesta sexta-feira (11), segundo a polícia Militar. O crime aconteceu na tarde da quinta-feira (10), e a fuga foi registrada pela câmera de segurança do estabelecimento (veja vídeo abaixo).
As prisões foram realizadas pela 3ª Companhia Independente de Goiana com apoio do Núcleo de Inteligência (NIAZM-2). Os dois presos foram levados à Delegacia de Goiana. No local, eles foram autuados por roubo, de acordo com a Polícia Civil.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Anderson Pereira, os homens foram identificados como Jordan Roberto Stemberg de Almeida, de 20 anos, e Guilherme Maia da Silva, vulgo "Gui", de 19. Eles foram presos em uma residência na Rua da Cocota, na praia de Ponta de Pedras, em Goiana. Uma espingarda de pressão e R$ 150 em espécie foram apreendidos.

Depois da autuação, a dupla foi encaminhada para audiência de custódia.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que mantém policiamento em Carne de Vaca com policiais circulando de carro durante o dia e à noite, além do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), que faz rondas na área.

O crime

Nas imagens é possível ver toda a ação dos bandidos, que chegaram encapuzados e vestidos de branco em um cavalo. Do lado de fora do estabelecimento, dois funcionários conversavam quando foram surpreendidos pelos assaltantes, que pularam do animal (veja vídeo acima).

Um dos assaltantes entrou no local e outro ficou aguardando do lado de fora, próximo ao animal. Alguns clientes saem do mercadinho e, em menos de dois minutos, os bandidos partem com um saco de dinheiro e uma arma nas mãos. Ninguém ficou ferido durante o crime.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-