quarta-feira, 5 de junho de 2019

Brasil: Lésbicas matam, degolam e esquartejam filho de 9 anos no DF

A mãe disse que tinha ódio do filho por ter um vínculo com o próprio pai

Um crime bárbaro marcou a última sexta-feira (31/05), no Distrito Federal. Duas mulheres foram acusadas de matar uma criança de 9 anos enquanto ela dormia. Uma das mulheres envolvida na morte da criança era a própria mãe.

O delegado encarregado do caso disse que o corpo de Rhuan Maycon da Silva Castro foi decapitado e apresentava sinais de queimaduras já que, depois de matarem o menino com golpes de faca, as mulheres teriam esquartejado e tentado queimar as partes do seu corpo em churrasqueira. Em seguida, jogaram partes do corpo em mochilas e despejaram em frente a uma creche na região.

Ainda de acordo com o delegado, Rosana Auri da Silva Candido - mãe de Rhuan, e sua companheira, Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa, estariam planejando a morte do menino há mais de um mês e que teriam pensado em várias formas de matá-lo.

Rosana disse que tinha ódio do filho por ter um vínculo com o próprio pai. Ela alegou que teria sido maltratada pelo ex-companheiro. As duas mulheres foram presas em flagrante.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-