terça-feira, 18 de julho de 2017

Iluminação Pública: Goianenses abandonados na escuridão

Reflexo da falta de gestão na iluminação pública de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, a população vem enfrentando diariamente problemas simples, mas que provocam sérias e preocupantes consequências no cotidiano das pessoas. Uma delas é o aumento do índice de assaltos nas comunidades que estão na escuridão, onde os bandidos aproveitam o descaso para praticarem suas ações criminosas e não serem identificados.

Internautas do Blog do Anderson Pereira denunciaram o descaso vivivo pelos moradores da Avenida Goiana, no distrito de Tejucupapo, na zona rural de Goiana, sobre o problema que perdura há aproximadamente 60 dias. O morador Christian Silva afirmou que a escuridão já mudou a rotina dos moradores, pois tiveram que se adaptar a falta de iluminação pra evitarem serem alvos de ações criminosas. "Estamos saindo de casa só com a roupa do corpo, pois se levar celular, relógio, carteira ou qualquer outro pertence pra rua há uma grande possibilidade de voltar sem eles", comentou.

Os moradores entraram em contato com a Central da Celpe, mas uma atendente informou que tal reparo deveria ser realizado pela Prefeitura de Goiana, pois o serviço já seria de sua responsabilidade.

Enquanto isso, a comunidade terá que continuar sofrendo na escuridão do abandono dos órgãos públicos.

Iluminação - A taxa de iluminação pública foi aprovada em setembro de 2006 pela Câmara de Vereadores, permitindo que o pagamento da taxa fosse direcionada para a Prefeitura de Goiana. Ou seja, o custo da iluminação nas vias públicas e dos prédios públicos municipais é deduzido deste montante - cobrado nas tarifas da Celpe e pago pelos goianenses -, e o que sobra, é transferido para a Prefeitura. Nesse período de quase dez anos, a iluminação pública da cidade já devia ter sido renovada, com modelos mais eficientes energeticamente, como tecnologias LED e painéis solares, contudo, a realidade é bem diferente.

Outras denúncias e flagrantes poderão ser enviados para o Blog, através do número: (81) 9.9292-6725.

Blog do Anderson Pereira
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-