quarta-feira, 31 de maio de 2017

Polícia: Assaltante que estava foragido da justiça é recapturado em Goiana

O indivíduo conseguiu fugir da penitenciária no dia 15/05/17

Operação Conjunta realizada por Policiais Civis da Equipe de Investigação da 44ª Delegacia de Goiana e Policiais Militares da Equipe Malhas da Lei da 3ª Companhia Independente de Goiana, sob o comando do delegado Thiago Uchoa, prendeu, na manhã desta terça-feira (30), um indivíduo acusado de inúmeros roubos e que encontrava-se foragido da justiça há 15 dias. Ele estava escondido no município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.

Segundo informações apuradas pelo Blog do Anderson Pereira, o foragido da justiça Luciano Ramos de Oliveira Filho, o "Neguinho", de 28 anos e natural de Goiana, foi preso na Rua São Geraldo, próximo ao Bar de Titi, no bairro da Nova Goiana. A polícia disse que o indivíduo havia fugido da Penitenciária Agro Industrial São João (PAISJ - antiga PAI), em Itamaracá, no dia 15/05/17. Dentre os delitos cometidos pelo algoz, ele foi acusado de cometer um roubo qualificado contra um homem no dia 30/09/2009, nas proximidades da Rodovia PE-075, em frente ao Restaurante Japumim, em Goiana. Luciano, na companhia de um comparsa - ambos armados com pistolas -, abordaram a vítima levando-a ao canavial, localizada nas terras da Usina Santa Tereza. E sob violência e ameaças de morte conseguiram roubar da vítima um veículo VW Parati 1.6 (cor prata e placas KLR-0056/Paulista-PE), uma bolsa de viagem contendo várias folhas de cheques, dois aparelhos celulares e um relógio, e em seguida, liberaram a vítima. Os objetos roubados nunca foram recuperados. Contra Luciano há condenações superiores a 20 anos pela prática de diversos assaltos em transportes coletivos, motoristas e transeuntes, tendo inclusive participado de crimes onde uma das vítimas foi abusada sexualmente. 

O acusado foi conduzido para a Delegacia de Goiana e recolhido novamente para a PAISJ, onde permanecerá à disposição da justiça.

BlogdoAndersonPereira

0 Comentários:

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-