quinta-feira, 16 de março de 2017

Mata Norte: Alunos de Itambé são assaltados na estrada e fazem protesto pedindo mais segurança

Quatro homens armados renderam dois coletivos que faziam transporte escolar, além de roubar as vítimas, agrediram três alunos

Estudantes da Escola Estadual Arruda Câmara, em Itambé, na Mata Norte, fazem protesto nesta manhã para chamar a atenção das autoridades por mais segurança naquela região. Na manhã desta quinta-feira, um grupo de 50 alunos da escola, que viajavam em dois ônibus com destino ao centro de Itambé, foram alvos de criminosos na beira da estrada. Os quatro homens assaltaram os dois ônibus escolares, que traziam os alunos do distrito de Caricé, Zona Rural de Itambé.

Durante quase vinte minutos, os quatro assaltantes mantiveram os estudantes sob a mira de revólveres, ameançando o grupo, que foi obrigado a entregar todos os pertences. Três alunos foram agredidos na cabeça com o cabo do revólver usado por um dos bandidos. O assalto aconteceu numa estrada vicinal, usada para desviar a PE-75, que encontra-se em obras. Esse foi o terceiro assalto ocorrido a ônibus escolar desde que o ano letivo teve início em fevereiro passado.  

Segundo a professora Eliana Guedes, a situação está se complicando cada vez mais. “A gente não sabe mais a quem recorrer. Aqui só tem três policiais militares para cuidar da segurança”, denunciou. A professora informou que já solicitaram reforço policial ao Batalhão de Goiana, que é responsável pelo município de Itambé, mas não tiveram resposta. “O subcomandante do batalhão nos informou que lá só existem duas viaturas velhas. Enquanto isso, os ladrões estão tomando conta da região”, lamentou. 

Funcionários, professores e alunos da escola estão saindo em passeata, acompanhados de um carro de som, para protestar nesta manhã, em frente à delegacia da Polícia Civil do município. Eles querem pedir mais agilidade nas investigações para prender os acusados de assaltar e agredirem os estudantes nesta quinta-feira. A escola Arruda Câmara atende alunos do ensino médio. Mas os ônibus assaltados transpotavam também nessa manhã alunos de escolas municipiais da cidade e dois pais de dois estudantes.

DiariodePernambuco
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-