quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Educação: Atraso no Proupe desde setembro deixa professores sem salários

Segundo autarquias, dívidas do Proupe já somam R$ 4,7 milhões

Desde setembro sem receber do governo do Estado o valor das bolsas do Programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe), as autarquias municipais de ensino superior tem atrasado salários, fornecedores e até contribuições do INSS. Segundo a Associação das Instituições de Ensino Superior do estado de Pernambuco (Assiespe), a dívida do governo soma mais de R$ 4,7 milhões. A entidade estima em 7 mil o número de bolsistas do Proupe em todo o Estado.

Diretores e presidentes das autarquias foram ao Palácio do Campo das Princesas nessa terça-feira (6) para tentar pressionar o Estado. Mas, após quatro horas de espera, foram embora sem se reunir com nenhum representante do Executivo.

"Nós temos autarquias que não pagou a folha de outubro, não pagou novembro e está comprometido também o décimo terceiro", diz o professor Rinaldo Remigio, presidente da Assiespe. "As autarquias de Serra Talhada, Araripina, Goiana, Arcoverde, Belém de São Francisco e Belo Jardim dependem na sua totalidade do Proupe", explica Remigio.

Na Autarquia de Belo Jardim, onde os 876 bolsistas do Proupe representam 53% do total de alunos, a situação é crítica. "Desantou um mês, dois, três, quatro. Aí a gente desanda com folha, obrigação com o INSS, com tudo. Vim pagando há alguns meses a folha, mas deixando de pagar fornecedores e INSS", revela o presidente, Adriano Cândido da Silva.

GOVERNO SEM DATA

Procurada pelo JC, a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado confirmou que o último pagamento do Proupe foi feito no mês de agosto, mas não adiantou nenhuma data de pagamento. Segundo a pasta, como das outras vezes, o governo está vendo como fará para retomar os repasses. A secretaria também lembrou que há um projeto de reformulação do Proupe em fase final de elaboração.

NE10

0 Comentários:

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-