terça-feira, 23 de agosto de 2016

Desemprego: As 10 cidades brasileiras que mais criaram empregos na crise

Em Pernambuco, Goiana e Petrolina se sobressaíram no ranking nacional

De acordo com o Cadastro Geral de Desempregados e Empregados (Caged), o Brasil já soma 11,6 milhões de pessoas sem trabalho em todas as suas regiões. O alto número de desocupados pode ser atribuído à crise econômica e ao fechamento de postos de trabalho em todas as áreas. Algumas localidades do país, entretanto, continuam gerando oportunidades, embora em menor escala em comparação com períodos de bonança para o Brasil.

Entre o início de 2014 e junho deste ano, por exemplo, a cidade de Canaã dos Carajás, no Pará, foi o município com o maior número de contratações de carteira assinada (um total de 5,1 mil) em todo o Brasil. O principal motor do feito foi um investimento de US$ 8 bilhões que está sendo realizado pela Vale para implantação de um complexo minerário de ferro. A construção civil também impulsionou o número de contratações no período.

Pernambuco

Duas cidades pernambucanas também aparecem bem colocadas no ranking. São elas Goiana, com geração de 3.545 oportunidades entre 2014 e junho de 2016 (em sexto lugar no ranking) e Petrolina, que aparece na oitava colocação, com criação de 3.323 empregos. Na primeira localidade, pesaram a instalação da fábrica da Jeep e o polo vidreiro local. Já em Petrolina, a maior parte da geração de emprego é proveniente do cultivo e processamento de frutas.

Confira as cidades que mais criaram empregos de acordo com o Caged:

1º: Canaã dos Carajás (PA) - gerou 5.163 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
2º: Cristalina (GO) - gerou 4.180 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
3º: Bebedouro (SP) - gerou 4.179 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
4º: Juazeiro (BA) - gerou 3.799 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
5º: Arapiraca (AL) - gerou 3.646 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
6º: Goiana (PE) - gerou 3.545 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
7º: Venâncio Aires (RS) - gerou 3.416 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
8º: Petrolina (PE) - gerou 3.323 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
9º: Goianésia (GO) - gerou 2.987 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016
10: ºSanta Cruz do Sul (RS) - gerou 2.887 empregos entre janeiro de 2014 e junho/2016.

JCOnline

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-