sexta-feira, 15 de abril de 2016

Música: Sonora Brasil volta ao estado com o circuito de Violas

Considerado o maior projeto de circulação musical do país, o Sonora Brasil aporta no Estado com a nova temporada da sua 18° edição, invertendo o circuito do ano passado. A partir deste sábado (16), as apresentações trazem como temática Violas Brasileiras. Elas serão comandadas pelo duo Viola de Concerto, formado pelos artistas Fernando Deghi, de Curitiba, e Marcus Ferrer, do Rio Janeiro, que vão percorrer noves cidades do interior e uma da Região Metropolitana do Recife.

A primeira parada acontece em Petrolina (16), na sala de dança do Sesc, às 20h. A dupla se apresenta gratuitamente e mostra a viola no concerto por meio de repertório que remonta ao período colonial brasileiro, onde a música era ponte entre a Europa e o Brasil. Os artistas também passeiam pelas canções atuais de compositores contemporâneos na época que o instrumento vira objeto de estudos acadêmicos.

Na grade do projeto, que tem objetivo de estimular a formação de plateia por meio do contato do público com a diversidade da música, o circuito passa por Araripina (17), Bodocó (18), Triunfo (19), Arcoverde (20), Buíque (22), Garanhuns (23), Belo Jardim (24), Goiana (26) e Jaboatão dos Guararapes (27).

Sonora Brasil - Neste ano, oito grupos circularão por 114 cidades de todas as regiões do Brasil, totalizando 418 concertos. O tema Sonoros Ofícios – Cantos de Trabalho passa pelas regiões Sul e Sudeste, e Violas Brasileiras pelo Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, invertendo o circuito do ano passado. Todas as apresentações são essencialmente acústicas, valorizando a qualidade sonora das obras e de seus intérpretes. O projeto, desde a sua primeira edição, em 1988, já contou com a participação de cerca de 80 grupos em mais de 4.900 apresentações por todo o país, alcançando um público superior a 520 mil espectadores. A cada dois anos, dois temas são desenvolvidos, buscando aprofundar a relação do público com aspectos relevantes da música no país.

Duos – O artista Fernando Deghi é paulista de Santo André e radicado em Curitiba. Ele desenvolve trabalhos em torno da composição, recuperação, divulgação e ensino da viola brasileira. Seu trabalho explora as possibilidades deste instrumento, recorrendo a uma das metodologias voltadas ao desenvolvimento técnico do repertório. Já Marcus Ferrer é compositor, violonista, violeiro, mestre em composição pela Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutor em Teoria e Prática da Interpretação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UNIRIO). Lançou em 2009 o álbum Viola em Concerto, onde interpreta obras compostas por encomendas a importantes compositores contemporâneos.

Serviço:
Sonora Brasil
De 16 a 27 de abril
Entrada gratuita

Dia 16 - Petrolina: Sala de Dança do Sesc - 20h
Dia 17 - Araripina: Lions Clube - 19h30
Dia 18 - Bodocó: Hotel Bodocó - 20h
Dia 19 - Triunfo: Fábrica de Criação Popular - 20h
Dia 20 - Arcoverde: Teatro Geraldo Barros - 20h
Dia 22 - Buíque: Sesc Ler Buíque - 20h
Dia 23 - Garanhuns: Salão de Eventos do Sesc - 17h
Dia 24 - Belo Jardim: Igreja Matriz da Conceição - 20h
Dia 26 - Goiana: Teatro HistoriadorAntonio Correia de Oliveira, Sesc Ler - 20h
Dia 27 - Jaboatão dos Guararapes: Teatro Samuel Campelo - 19h.

Assessoria

1 Comentários:

Pietro Pedra disse...

Excelente e rara oportunidade de valorizarmos a nossa cultura, através de artistas renomados no cenário musical brasileiro.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-