quarta-feira, 8 de julho de 2015

Polícia: Exame realizado pelo Imip confirma que bebê de Carpina não sofreu abuso sexual

Criança de 1 ano e três meses teria dermatite. Mãe foi encaminhada para a GPCA

O bebê E.R.R., de 1 anos e 3 meses, não possui sinais de violência sexual, informou o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) em nota enviada à imprensa, na tarde desta quarta-feira (8). A criança deu entrada na unidade hospitalar por volta das 1h28 da madrugada de hoje, após funcionários da Unidade Mista Francisco Chateaubriand acionarem a Polícia Militar.

Segundo o site Giro Mata Norte, os funcionários informaram a PM que o bebê foi abusado sexualmente por um primo dentro da própria residência, no município de Carpina, Zona da Mata Norte. A mãe não teria registrado a ocorrência por medo de represálias, já que o suposto autor do crime seria usuário de drogas.

Em nota, o Imip disse que "após exame específico e identificação de dermatite, a genitora foi orientada quanto ao tratamento dermatológico da filha e, devido exclusivamente à suspeita da mãe, o Imip a encaminhou para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA)".

Confira a nota na íntegra:
A Assessoria de Imprensa do Imip comunica que o atendimento da paciente E.R.R., de 1 ano e 3 meses, que deu entrada na Emergência Pediátrica em 08/07, às 01h28, não constatou sinais de violência sexual, como referido pela genitora. Após exame específico e identificação de dermatite, a genitora foi orientada quanto ao tratamento dermatológico da filha e, devido exclusivamente à suspeita da mãe, o Imip a encaminhou para a Gerência de Policia da Criança e do Adolescente (GPCA).
FolhaPE

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-