segunda-feira, 27 de abril de 2015

Polo Automotivo: Fábrica da Jeep em Goiana é marco para economia local e revolução para o setor automotivo

Nesta segunda-feira (27), o polo automotivo será apresentado com exclusividade para os profissionais da imprensa

A terça-feira, 28 de abril, será um dia histórico para o desenvolvimento econômico de Pernambuco. Amanhã, será o dia em que um veículo 4x4 se transformará num símbolo da mudança da economia da Região Nordeste, em especial, o estado pernambucano. Muito além de uma nova indústria, a segunda fábrica do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) no Brasil é a aposta de guinada no mercado automotivo. Nesta segunda-feira (27), o polo automotivo será apresentado com exclusividade para os profissionais da imprensa.

Para muitos, é o sopro de esperança de dias melhores para a crise econômica, com capacidade de produção de 250 mil veículos por ano. O Vrum/Diario de Pernambuco foi o primeiro veículo de comunicação a divulgar a vinda da nova fábrica para o estado, em julho de 2011, quando antecipamos o anúncio do então governador de Pernambuco, Eduardo Campos.
A estreia na produção é justamente no segmento mais aquecido: os de SUVs. Os primeiros Jeep Renegades já estão partindo da planta para abastecer as revendas de todo o país, com preços a partir de R$ 69.900 (a versão de entrada de R$ 66.900 só sairá em três meses). O segundo modelo made in Pernambuco será uma picape média da Fiat, que já está em fase de testes e foi flagrada pelo Vrum, com previsão de lançamento no segundo semestre. O terceiro carro será novamente um Jeep, provável substituto do Compass, posicionado abaixo do Cherokee.

A fábrica mudou o mapa do litoral Norte do estado. A população da região está sentindo o impacto também com a chegada das sistemistas que integram o parque dos fornecedores não só em Goiana, mas também nas cidades vizinhas, como Igarassu, e na Paraíba. O cenário industrial é visto com bons olhos pelos moradores, muitos empregados na construção e na produção da fábrica. Empresários do setor imobiliário, hotelaria e alimentação foram os primeiros beneficiados. Agora, será a vez do consumidor conhecer os novos produtos automotivos pernambucanos e acelerar em busca de novas aventuras.

DiariodePernambuco

2 Comentários:

Fabio Eisenhower disse...

Em relação aos nomes citados na pesquisa por esse blog fica minha humilde ressalva, tem nomes nessa relação que estão querendo calçar um sapato que não lhe cabe.
estão esquecendo de combinar com o POVO essa pegadinha, e quem decide quem vai ser Prefeito de Goiana são os goianenses e essa decisão é em Goiana e não no Caxangá Ágape.

uma pessoa quer já foi entrevista por vocês disse...

você não tão dando prioridada pra quem tar a procura do primeiro emprego não vcs quer uma pessoa quer se emcaxi no seu pefil,

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-