quarta-feira, 29 de abril de 2015

Educação: Professores grevistas e estudantes da ETE protestam em Goiana

Categoria quer pressionar governador Paulo Câmara para negociação. Presidente Dilma Rousseff participa da inauguração da unidade.

Professores da rede estadual de ensino de Pernambuco e estudantes da Escola Técnico Estadual Aderico Alves de Vasconcelos fizeram dois protestos em Goiana, na Zona da Mata Norte, nesta terça-feira (28). Um aconteceu na porta da Fábrica da Jeep. O segundo, pelas ruas do centro da cidade. De acordo com o diretor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), Romildo Oliveira, o ato é uma forma de pressionar o governador Paulo Câmara, que também esteve presente ao evento da fábrica da Jeep.

Em greve desde o dia 10 de abril, os professores votaram pela continuação do movimento em assembleia realizada na segunda-feira (27). A paralisação é para cobrar o reajuste de 13,01% nos salários da categoria, formada por 49.816 profissionais. A diretoria do Sintepe foi chamada para uma reunião com o governo nesta terça (28). Apesar das negociações terem sido retomadas, os professores decidiram seguir a agenda prevista na assembleia e trouxeram faixas e apitos para Goiana.

Ronildo Oliveira, diretor jurídico Sintepe. "A decisão da assembléia foi acompanhar o governador como forma de protesto. Ele ja abriu a negociação mas viemos demonstrar nossa indignação e solicitar o que pedimos, os 13,01%", declarou.

O protesto é pacífico e reúne cerca de 20 professores, que seguram faixas no jardim de entrada da fábrica. A portaria foi fechada e a entrada de jornalistas para a cobertura da inauguração foi transferida para outro local.

Com informações do G1

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-