domingo, 15 de março de 2015

Política: Pedidos de impeachment e caras pintadas são marcas do protesto antiDilma no Recife

Manifestação começou por volta das 9h e percorreu cerca de 1km em Boa Viagem

Com gritos de “Fora Dilma” e pedidos de impeachment da presidente, uma multidão se concentrou na avenida Boa Viagem, neste domingo (15). As camisas verdes e amarelas, o hino nacional e as caras pintadas, marcas do protesto contra o presidente Fernando Collor, em 1992, também estão sendo utilizados pelos manifestantes.

Assim como as manifestações de junho de 2013, o protesto que ocorre em 153 municípios do País ganhou força pelas redes sociais. Neste domingo (15), as pessoas que participam do ato reclamam dos reajustes fiscais realizados pela presidente Dilma Rousseff e, principalmente, pelo esquema de corrupção da Petrobras, na qual dezenas de políticos devem ser investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Alguns protestantes também pedem uma nova intervenção militar no País. O argumento é alvo de muita polêmica. “Vivemos em uma ditadura comunista, por isso sou a favor da intervenção militar”, disse um dos manifestantes presentes no protesto em Boa Viagem, Alfredo Cambuim.

Durante o protesto, um trio elétrico chegou a tocar a música “Pra não dizer que falei de flores”, de Geraldo Vandré. A canção é considerada um hino contra a ditadura militar que ocorreu no País entre os anos de 1964 e 1985.

De acordo com o tenente coronel Adalberto Freitas, que esteve à frente do comando da Policia Militar durante o protesto, cerca de 2.500 pessoas estiveram presentes no local. A manifestação começou oficialmente às 9h e começou a dispersar por volta do meio-dia.

FolhaPE

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-