sábado, 31 de janeiro de 2015

Pinga Fogo: Prefeito de Goiana reconhece deficiência na comunicação

O Chacrinha já dizia: "quem não se comunica, se trumbica". A dica do velho guerreiro parece ser compreendida pelo prefeito de Goiana, Fred Gadelha (PTB), que reconheceu a dificuldade de comunicação do seu governo, durante entrevista concedida à rádio Nova FM, na manhã dessa sexta-feira (30).

Pela primeira vez o prefeito se posicionou sobre a carta aberta à população (clique aqui e saiba mais), feita pela Imprensa goianense. Além de reconhecer que existe uma deficiência na área de comunicação, ele informou que na última reunião com o seu secretariado o tema foi bastante discutido.

O fato é que nenhum de seus secretários possui o hábito de defender a atual gestão ou divulgar notícias positivas da administração nas rádios e nos blogs. Muito pelo contrário, a norma geral parece ou parecia ser ignorar os questionamentos feitos pela população.

Fred não entrou em detalhes sobre como teria sido o tom da reunião com o seu secretariado. Se houveram cobranças ou apenas orientações sobre como atender de forma mais eficiente a Imprensa, podemos apenas especular.

Fred aproveitou a oportunidade para lembrar algumas ações que seu governo vem realizando e pediu para que elas fosse divulgadas nos variados veículos de informação do município.

Ele pediu, também, para a população goianense criar o costume de fazer as suas reclamações na Ouvidoria da Prefeitura.

Uma prestação de contas e várias ausências
Na última quinta-feira (29), no Cine-Teatro Polytheama, o prefeito de Goiana, Fred Gadelha, fez uma apresentação das ações de sua gestão nos últimos dois anos. As ausências dos vereadores, principalmente os da base governista, não passaram despercebidas e geraram várias especulações.

Outra prestação de contas e muitas expectativas
A prestação de contas que os vereadores, principalmente os oposicionistas, não querem perder por nada é a que deverá ser feita pelo prefeito na Câmara Municipal, na próxima segunda-feira (2). As expectativas são tantas que nos bastidores existe uma discussão jurídica para saber se o prefeito é ou não obrigado a fazer a prestação de contas na Câmara.

Instituto recém-criado está bombando nas redes sociais
Nem bem foi criado e o Instituto Goiana Viva já está dando o que falar. Um grupo no WhatsApp, que foi a célula embrionária para a criação do Instituto, tem se caracterizado como um importante centro de discussões do município. E, no Facebook, a página do Goiana Viva (clique aqui e acesse a Fan Page), criada há apenas dois dias, já possui cerca de 300 curtidas.

Um dilema chamado carnaval
Neste momento, em que se discute tanto a realização do carnaval, vale refletir sobre os dividendos políticos da festa de Momo. Fazer um carnaval grande ou "pés no chão" é uma dúvida que todo gestor já deve ter tido. É fato que nenhuma das duas opções pode impedir que críticas sejam feitas. Mas, é fato, também, que a não realização do carnaval impedirá qualquer elogio.

BlogdoFelipeAndrade

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-