sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Cultura: Jornada da Resistência promove batalha de rimas no Sesc Ler Goiana

A ação gratuita acontece na última sexta-feira de fevereiro, às 19h

Com o objetivo de incentivar a produção e a difusão artística, o Sesc promove apresentações e encontros culturais. Na última sexta-feira de fevereiro, dia 28, a entidade vai organizar a Jornada da Resistência, a partir das 19h, na unidade de Goiana. A ação é gratuita e voltada para o público a partir dos 14 anos.
Na Jornada, vão acontecer batalhas de rimas e músicas. Os participantes são convidados a declamar suas poesias cantadas sobre diferentes temas, que podem ser recitadas por apenas uma pessoa ou mais, que é a ideia da batalha. Além disso, também será promovido um recital de poesias marginais. A Jornada da Resistência acontece, geralmente, nas últimas sextas-feiras de cada mês.
Sesc – O Serviço Social do Comércio é uma instituição privada mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 23 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo, e o Centro de Produção Cultural, Tecnologia e Negócios do Sesc, em Garanhuns. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br

Serviço – Jornada da Resistência
Data: 28 de fevereiro (sexta-feira), 19h
Local: Biblioteca do Sesc Ler Goiana (Rua do Arame, s/n. Informações: 3626.5961)
Público: a partir de 14 anos
Valor: Gratuito.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-