sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Polícia: Motorista que atropelou e matou casal de empresários em Caaporã-PB foi encaminhado para presídio em João Pessoa

O poeta pernambucano Philippe Wollney Correia dos Santos, de 32 anos, recebeu alta do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena há 4 dias e após passar por audiência de custódia foi encaminhado para a Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, em Mangabeira, mais conhecido como “Média de Mangabeira”.

Philippe foi preso após atropelar e matar o casal de empresários Carmen Dolores Marinho Correa e Rilson Ferreira Correa, em um acidente entre carro e moto, no dia 04 de outubro, na rodovia PB-044, em Caaporã, no Litoral Sul da Paraíba.

No local do acidente, Philippe que era o condutor do carro que matou o casal, foi preso em flagrante e devido aos ferimentos do acidente ficou sob custódia no Hospital de Trauma.

De acordo com o delegado do caso, Francisco Basílio, ele confessou ter bebido na noite anterior ao acidente e confirmou tudo que disse ao delegado durante a audiência de custódia.

No presídio, o poeta está em cela especial por ter dois cursos superiores, sendo um de biologia pela UFPE e outro de Letras pela faculdade de Goiana-PE, onde residia junto aos seus familiares.

O casal atropelado e morto era proprietário da casa lotérica de Caaporã.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-