segunda-feira, 16 de abril de 2018

Negócios: Coworkings e escritórios virtuais são opções para empresas

Em todo o mundo, estima-se que existam mais de 6 mil espaços em funcionamento. No Brasil, contam-se mais de 100 áreas e, pelo menos, 210 mil pessoas já circularam por essas estações

A rapidez com que os avanços tecnológicos desencadeiam mudanças no mercado de trabalho, aliada a uma década de crise ao redor do mundo, tem levado milhares de profissionais a se reinventar. Trocar os escritórios das grandes empresas e modelos de contratos atuais por outras modalidades de trabalho tem se tornado cada vez mais comum. Os coworkings e escritórios virtuais são algumas das alternativas encontradas tanto por esses profissionais que acabaram de ingressar no mercado quanto por aqueles com vasta experiência

Em todo o mundo, estima-se que existam mais de 6 mil espaços em funcionamento. No Brasil, contam-se mais de 100 áreas e, pelo menos, 210 mil pessoas já circularam por essas estações, seja para participar de um evento, seja para comparecer a uma reunião, seja para tomar um café, seja para efetivamente trabalhar. De acordo com o Censo Coworking Brasil de 2017, observa-se significativo crescimento dessas opções. O número de espaços compartilhados, somente para escritórios, aumentou 114% em relação a 2016.

De acordo com a Diretora Comercial da Plexos, Marcela Laranjeira, os coworkings e escritórios virtuais facilitam o fortalecimento do networking. “Eles possibilitam aos profissionais a formação de uma rede de contatos especializada e fundamental para a atração de novos clientes, novos negócios. Dessa forma, os profissionais podem desenvolver projetos juntos ou realizar os trabalhos individuais” afirma.

Até mesmo o centenário jornal britânico, The Guardian, tem apostado cada vez mais nos benefícios do coworking. Desta forma, os jornalistas conseguem sair do ambiente das redações para ter um maior foco em suas matérias. Os cadernos de tecnologia são os mais beneficiados, pois encontram nesses lugares as fontes para os seus textos. Assim, o coworking agiliza o processo de criação das matérias e reduz o tempo de trabalho dos cadernos especiais.

Seja pelo compartilhamento de ambientes e despesas, seja pela melhora na qualidade do trabalho dos profissionais de uma empresa, o fato é que os espaços de coworking são ótimas soluções para quem quer reduzir os custos de um negócio. Este movimento começou nos Estados Unidos, em 2005, quando o engenheiro de software Brad Neuberg decidiu trabalhar com amigos. Além de mais prazeroso, o grupo percebeu que a troca de ideias e experiências resultava em melhor produtividade. Logo, o conceito se espalhou pelo mundo, chegando ao Brasil em meados de 2009”.

Plexos
Endereço: Av. Norte, 3003, térreo
Rosarinho, Recife - PE
Telefone: (81) 3242-3455

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-