sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Operação Papai Noel: Área comercial de Goiana recebe reforço policial no período natalino

Operação Papai Noel, anunciada na quinta (7), começa nesta sexta (8) e segue até 25 de dezembro. Objetivo é diminuir roubos e furtos nesse período do ano.

A partir desta sexta-feira (8), 33 municípios pernambucanos ganham o reforço de 3.812 policiais militares até o dia 25 de dezembro. O aumento do efetivo faz parte da Operação Papai Noel, anunciada pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) nesta quinta-feira (7), e tem o objetivo de reforçar a segurança em áreas comerciais.

De acordo com o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, a ação busca diminuir as ocorrências criminosas nesse período do ano, quando aumenta o fluxo de consumidores em centros comerciais. "Após um longo planejamento, identificamos a necessidade de intensificar o policiamento em algumas cidades do interior para diminuir a quantidade de roubos e furtos que acontecem nessa época do ano", explica o titular da pasta.

Somente no Recife e na Região Metropolitana, o reforço é de 1.632 policiais militares. "O número de policiais praticamente dobra nessa região", garante Pádua. De acordo com o secretário, trata-se de um acréscimo do efetivo nessas áreas e os profissionais recebem diárias pelo trabalho realizado. Segundo o diretor de planejamento operacional da PM, Coronel Roberto Santana, o policiamento ostensivo é feito a pé, em viaturas e em motos.

Outros 2.180 policiais reforçam a segurança em áreas comerciais de cidades da Zona da Mata, como Goiana, Palmares, Vitória de Santo Antão e Escada; e do Agreste, como Gravatá, Caruaru, Garanhuns, Pesqueira, Belo Jardim, Surubim, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. No Sertão, os municípios contemplados pelo aumento do efetivo policial nas áreas de comércio são Arcoverde, Petrolina, Ouricuri, Salgueiro, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e Santa Maria da Boa Vista.

Para o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas, Eduardo Catão, presente no anúncio da operação, a medida traz segurança não somente a clientes, mas a donos de lojas. "Isso faz com que os lojistas fiquem mais tranquilos porque nesta época do ano o movimento aumenta muito", afirma.

G1
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-