segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Polícia: Tiroteio deixa um morto e quatro feridos durante festividade em Goiana

ATENÇÃO! HAVERÁ A SEGUIR IMAGENS DO LOCAL DA OCORRÊNCIA.
SÃO CENAS FORTES E NÃO DEVEM SER VISTAS E NEM COMPARTILHADAS POR MENORES E PESSOAS SENSÍVEIS
Os envolvidos no crime foram presos em flagrante pelo GATI

Um homem foi morto e outras quatro pessoas ficaram feridas, na noite deste domingo (15), por volta das 22h, durante a Parada LGBT, no município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Os envolvidos no crime foram presos em flagrante minutos depois por Policiais Militares do GATI da 3ª Companhia Independente de Goiana em ação conjunta com a GT 11331 e a 16ª Delegacia de Homicídios de Goiana.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Anderson Pereira, as vítimas identificadas como Marenildo de Lima Machado, de 53 anos; Wanderson da Silva Ferreira do Carmo, 17; Josefa Duzino da Silva, 38; Paulo José Ferreira Machado, 38 e Juliana Ferreira Lopes, 26 foram atingidas durante um tiroteio, próximo do trevo da Nova Goiana, às margens da Rodovia PE-062. De acordo com a polícia, Marenildo foi alvejado duas vezes na cabeça. Ele não resistiu aos graves ferimentos e morreu no Hospital Regional Belarmino Correia (HRBC), no município. Os demais feridos foram atingidos aleatoriamente durante a ação criminosa e também foram socorridas às pressas para o HRBC. Wanderson e Juliana foram feridos no abdômen e Josefa e Paulo alvejados na perna. Todas as vítimas são moradores de Goiana e encontram-se em observação.

Após alguns minutos do ocorrido, Policiais Militares conseguiram prender em flagrante Patricio da Silva, de 28 anos, e um adolescente de 16 anos. A arma de fogo utilizada no crime, um revólver calibre 38, foi apreendido. Ao chegar na delegacia, a dupla confessou que o objetivo era matar Italo, o filho de Marenildo, mas o alvo da ação acabou fugindo pelo meio da multidão, iniciando o tiroteio. Italo é acusado de cometer um homicídio e, por isso, os dois autores do crime, tentavam vingar o assassinato que ele havia praticado contra um indivíduo conhecido por "Pompom", ocorrido há poucos dias, em Goiana.

O corpo de Marenildo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), no Recife.

O adolescente apreendido e o homem preso foram autuados por homicídio e quatro tentativas de homicídio. O adulto será encaminhado a uma audiência de custódia e o menor ao Ministério Público local. 

As investigações estão a cargo do delegado Altemar Mamede, titular da 16ª Delegacia de Homicídios de Goiana.


Blog do Anderson Pereira


ATENÇÃO! HAVERÁ A SEGUIR IMAGENS DO LOCAL DA OCORRÊNCIA.
SÃO CENAS FORTES E NÃO DEVEM SER VISTAS E NEM COMPARTILHADAS POR MENORES E PESSOAS SENSÍVEIS



 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-