quarta-feira, 27 de abril de 2016

Corrupção: Supostos desvios na Hemobrás envolvem até R$ 107 milhões, diz MPF

Sem alarde, o Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco continua com as investigações decorrentes da Operação Pulso, deflagrada pela Polícia Federal (PF) em 9 de dezembro de 2015.

A Operação visou desbaratar uma suposta organização criminosa que, segundo a PF, estava instalada na diretoria da estatal federal Hemobrás, sediada em Pernambuco.

Durante a busca e apreensão realizada em dezembro, a PF flagrou maços de dinheiro sendo arremessados da janela de um dos apartamento das Torres Gêmeas, no Recife. No edifício, morava um dos investigados na Operação Pulso, o então diretor-presidente da Hemobrás.

A procuradora Sílvia Regina Ponte Lopes decidiu separar a investigação em vários procedimentos específicos, um para cada contrato suspeito de desvio de recursos federais.
Segundo procedimentos do MPF, apenas na concorrência 02/2014, há suspeitas sobre a aplicação de até R$ 74 milhões.

No contrato 20/2013, se investiga despesas de R$ 6 milhões.

No contrato 25/2010, há suspeitas sobre aplicação de R$ 27 milhões.

Nestes e em vários outros contratos, a Polícia Federal diz que há suspeitas contra dois ex-diretores, por supostamente pagarem a mais insumos e serviços e, supostamente, receber propina pela diferença de preços.

Devido a prisão temporária de dois diretores da Hemobrás (já relaxada), os funcionários foram exonerados pelo Governo Federal.

O terceiro diretor da empresa, Marcos Arraes, ficou como presidente interino da empresa, por nomeação da presidente Dilma (PT). Segundo a PF, Arraes não tinha relação com os desvios.

Provocada pelo Blog de Jamildo, a assessoria de imprensa da Hemobrás confirmou que Marcos Arraes assumiu a presidência da estatal, em 20 de janeiro de 2016, sem alarde.

Coincidência ou não, logo depois, a vereadora Marília Arraes, filha de Marcos, se filiou ao PT, partido que ainda está a frente do Governo Federal, ao qual a Hemobrás é ligada.

Resta saber se Michel Temer realizará mudanças, caso assuma.

Blog de Jamildo

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-