terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Polícia: Matador acusado de dez assassinatos no Litoral da Paraíba é preso

‘Cara de Prato’, 20, foi capturado em cumprimento a três mandados de prisão

A Polícia Militar da Paraíba prendeu na manhã desta segunda-feira (28) no Litoral Sul do Estado um homem procurado pela autoria de diversos homicídios na região. Gercildo Bernardino da Silva Júnior, conhecido como ‘Cara de Prato’, 20, foi capturado em cumprimento a três mandados de prisão em aberto, no distrito de Acaú, município de Pitimbu.

De acordo com o capitão Kelton Pontes, comandante da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar, Gercildo era componente da quadrilha chefiada por Samuel Mariano da Silva, 35, o Samuca, preso no início deste ano. “Estávamos pelo menos há 30 dias diligenciando, a fim de realizar essa prisão. Ontem recebemos a informação de que Cara de Prato estava em Acaú, na casa de sua companheira, e fizemos a operação”, explicou o capitão, acrescentando que as Polícias Civil e Militar acreditam que Gercildo tenha envolvimento direto ou indireto em pelo menos dez homicídios registrados no Litoral Sul da Paraíba, sendo dois em Alhandra e oito em Pitimbu.

O homem foi conduzido à delegacia de Alhandra e deve seguir ainda hoje para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (Roer), em João Pessoa.

Prisão de Samuca – A prisão do assentado Samuel Mariano da Silva, 35 anos, o Samuca, aconteceu no dia 2 de janeiro de 2015 na cidade de Igarassu, Pernambuco, depois de uma ação integrada da Polícia Civil, entre o Grupo Tático Especial (GTE) da 6ª Delegacia Seccional e a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital.

Segundo a polícia paraibana, ele foi responsável por homicídios, assaltos e tráfico de drogas no Litoral Sul, e também comandava uma organização criminosa com mais de 40 componentes no assentamento Nova Vida, em Pitimbu. Samuca está recolhido no PB1, em João Pessoa.

Com informações da Wscom e Assessoria

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-