terça-feira, 4 de agosto de 2015

Pondo em risco a saúde dos comerciantes e da população: MPPE recomenda interdição do Mercado Público de Goiana

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Goiana, Fred Gadelha, ao secretário municipal de Saúde e ao diretor de Vigilância Sanitária desativar ou interditar, imediatamente, o mercado público do município. De acordo com relatório da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa – II Regional), aporte do procedimento investigativo do MPPE, ficou comprovado risco iminente para a saúde e a vida dos consumidores de alimentos vendidos no mercado público. A Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Goiana deverá, no prazo de cinco dias, ser informada sobre as medidas tomadas.

O relatório da Apevisa concluiu que o mercado encontra-se com suas instalações físicas e estruturais em péssimas condições, pondo em risco a saúde e segurança dos comerciantes e da população que adquire produtos naquele estabelecimento. A estrutura dos boxes e dos equipamentos não oferece os requisitos mínimos para assegurar as boas condições sanitárias dos alimentos e que estes sejam acondicionados de modo a serem preservados de contaminação.

O promotor de Justiça Fabiano Saraiva recomendou ao município que seja realizado um plano de recuperação do Mercado Público de Goiana com o objetivo de sanar todas as irregularidades apontadas no relatório de inspeção da Apevisa. Tal plano deve ser informado à Promotoria de Justiça de Goiana no prazo de dez dias. Os órgãos deverão ainda esclarecer, a todos os comerciantes e à população em geral, os motivos da interdição do local, além de exercer fiscalização contínua e eficaz, para prevenir e reprimir a comercialização de mercadorias e produtos no município sem a observância das normas sanitárias aplicáveis.

Por fim, ao gerente da unidade regional da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) o MPPE recomendou fiscalizar o funcionamento do Mercado Público de Goiana e a aplicar as penalidades legais quanto ao abate clandestino de animais.

A recomendação foi publicada no Diário Oficial do sábado (01/08).

Os comerciantes relataram ao Blog do Anderson Pereira que estão cientes dos problemas existentes, mas afirmam que desde o início da gestão nunca participaram de uma reunião para resolver os problemas do Mercado Público, apenas reuniões para tratar da futura mudança para o complexo da feira livre e mercado público, localizado na Rua da Soledade, e que ainda está em obras.

"Estamos preocupados com essa interdição. Apelo para o prefeito Fred Gadelha não nos abandonar, como aconteceu com os funcionários do Matadouro Público, fechado há quase dois anos, e que ficaram sem trabalho e renda para suas famílias. Conheço pessoas que passaram a vida no Matadouro e hoje estão passando fome, pois não conseguiram emprego em outro lugar", disse uma comerciante.

Com informações da Assessoria

4 Comentários:

" Sidcley Alves" disse...

É lamentável ler uma situação dessas, pois o mercado chegou até este ponto por culpa de gestores anteriores e o atual, quantos pais de família foram açougueiros(marchantes) fizeram do mercado como seu sustento e seus filhos são hoje Doutores ou até mesmo pessoas bem estudadas, ver a minha origem e de tantos outros filhos do mercado acabar por falta de cuidados? É triste, muito triste, espero que isso não aconteça, o gestor atual municipal pode e deve ter uma atenção especial para aqueles trabalhares, pois já basta ter fechado o matadouro... E agora o Mercado? Realmente seria o TIRO de Misericórdia que faltava.

romildo albuquerque Goiana disse...

como sempre eu falava o problema do mercado e matadouro e de todos que trabalham por que a maiorias são sine- analfabetos com baixo nível escolar,os magarefe não conserva o local de trabalho e os gestores não da manutenção com frequência esse problema e antigo e agora chegou ao fundo do poço,se deixaros leva por politiqueiro estou de a cordo da interdição do prédio

Chiaretto Fernando Teixeira disse...

Meu caro Romildo Albuquerque o problema não é de todos mais sim da mal administracao do seu ggoverno quê você torna a defender acho quê você deve está ganhando bem para colocar o errros nas pessoas que não teem nada a vê isso já vem de vários anos meu caro e sobre analfabetismo não tem nada a vê pôr que não so no mercado mais em outros órgão público é o quê mais tem vamos lembra que basta vossa senhoria ser puxa saco de alguns quê estej no poder o senhor entra para trabalhar se eu fosse vossa senhoria parava de puxar saco desse governo por que ele não anda nada bem

3650j disse...

QUE FOI ISSO QUE ESCREVERAM KKKKKK PELO VISTO "SENI-ANALFABETO" É QUEM FALA ESSE TIPO DE ASNEIRAS, O QUE DANADO É "MAGAREFE" MEU AMIGO VOLTE PRO MOBRAL URGENTE, EU FUI CRIADO NESSE MERCADO E HOJE GRAÇAS A ELE UMA VIDA DIGNA FOI DALI QUE RECEBI ESTUDO E ALIMENTAÇÃO, MESMO ESTANDO EM MÁS CONDIÇÕES, NÃO DEVERIA SER FECHADO E SIM C.O.N.S.E.R.T.A.D.O.O.O.O.O.O.O.O.O, DALI SAIRAM MUITO COMERCIANTE DIGNOS POR FALTA DE ESTRUTURA DA GESTÃO MUNICIPAL; QUE NÃO TIVERAM OLHOS VOLTADOS PARA O MESMO, SE CASO ISSO VENHA ACONTECER DE SER REFORMADO COISA MUITO DIFICIL NOS DIAS DE HOJE, ELE VOLTARIA A SER UM GRANDE PONTO DE COMERCIAL, DEVIDO A SUA HISTORIA, E GRANDE VALOR LAMENTÁVEL ...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-