sábado, 14 de março de 2015

Goiana: Prefeitura afirma que irá garantir 2% do orçamento para a cultura popular

Em dia histórico para o tecido cultural do município de Goiana, dezenas de agremiações populares, juntamente com a sociedade civil, autoridades municipais e estaduais, se reuniram no Cineteatro Polytheama para acompanhar a cerimônia em que o Prefeito Fred Gadêlha assinou o acordo de cooperação federativa para adesão ao Sistema Nacional de Cultura (SNC), nesta sexta-feira (13).

Ao som dos tambores e bênçãos de líderes de diversas religiões, Fred anunciou que irá discutir com cada segmento da cultura popular o projeto de Lei a ser enviado à Câmara Municipal, que garante, entre outros, a destinação de 2% do orçamento do município para a cultura.

“Estamos escrevendo uma nova página na rica e singular história de Goiana. Somos hoje a cidade que, além de possuir um tecido cultural diversificado, nos preocupamos em fomentar e garantir subsídios para que o fazer cultural seja valorizado”, disse Fred.

Após integrar o Sistema Nacional de Cultura, será criado o Conselho de Política Cultural, que irá discutir e planejar a política cultural para o município e o Fundo Municipal de Cultura, que irá viabilizar e financiar as agremiações e os projetos dos vários segmentos.

O Presidente da Câmara dos Vereadores, Renato Sandré, presente na cerimônia, disse estar muito feliz e de acordo com essa iniciativa histórica. “Em toda minha vida, nunca vi todos os segmentos da cultura popular de Goiana de braços dados por uma causa”, disse ele, reafirmando o compromisso para a aprovação do projeto.

Assim que for aprovado pela Câmara, a garantia dos 2% do orçamento para a cultura coloca Goiana em situação de pioneirismo em todo o país. Hoje, a destinação dos recursos federais é de 2% e os estaduais 1,5% para o fomento cultural.

Fonte: Secom

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-