domingo, 29 de março de 2015

Descaso: Familiares realizam sepultamento em meio ao lixo no Cemitério de Goiana

Você teria coragem de enterrar um familiar seu no meio do lixo? Um goianense, foi obrigado. Ele denunciou através do whatsApp do Blog do Anderson Pereira (81.9292.6725) que uma parente sua, uma estudante de 14 anos falecida em decorrência de um ataque de asma, teve que ser enterrada em meio aos restos de flores, entulhos, mato e de um terreno mal cuidado, no Cemitério Público de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. "Todos têm o direito de enterrar o ente querido de forma digna, mas em Goiana parece que isso não existe. Se já não bastassem a sujeira habitual e um terreno mal cuidado, nem mesmo durante o enterro somos respeitados. Tivemos que acompanhar o enterro no meio da nojeira. Não houve nenhuma consideração pelo ato sagrado. O cemitério não escapa do descaso municipal", afirmou um parente depois de se deparar com o lixo entre as covas.

Esta não é a primeira vez que denúncias envolvendo o cemitério local ocorrem, a exemplo de túmulos quebrados e abertos e supostas vendas de covas, além da imundice como entulhos e lixo entre os sepulcros.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-