sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Polícia: Bandido que executou radialista em Timbaúba é morto no Presídio, em Recife

ATENÇÃO! HAVERÁ A SEGUIR IMAGENS DO LOCAL DA OCORRÊNCIA.
SÃO CENAS FORTES E NÃO DEVEM SER VISTAS E NEM COMPARTILHADAS POR MENORES E PESSOAS SENSÍVEIS
Uma pessoa morreu depois de uma briga entre detentos no Complexo Prisional do Curado (antigo Presídio Professor Aníbal Bruno), na zona oeste do Recife, nesta quarta-feira (19). Elton Jonas Gonçalves de Oliveira, de 32 anos, foi assassinado com golpes de faca pelos colegas de pavilhão, após uma briga. A vítima teria agredido Renato Guedes de Miranda, 30 anos, e, por isso, foi assassinado.

Segundo o Instituto de Criminalística (IC), o local do crime foi descaracterizado para dificultar as investigações. Os detentos lavaram a parte interna do pavilhão E, onde aconteceu o homicídio,  e esconderam a arma utilizada. Eles ainda levaram a vítima do setor E para o F. De acordo com o IC, Elton Jonas apresentava ferimentos na cabeça, no tórax e nas mãos. O reeducanto Renato Guedes, vítima da agressão, foi levado para o Hospital Otávio de Freitas, no bairro de Tejipió, em estado grave de saúde.

A polícia afirma que Elton Jonas é autor de vários homicídios no município de Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco, um deles, teve repercussão na imprensa nacional e internacional, quando o criminoso assassinou covardemente o radialista José Carlos Araújo, de 37 anos, que apresentava o Programa José Carlos Araújo Entrevista na rádio Timbaúba FM 96,9Mhz, no ano de 2004.

José Carlos era bastante querido na cidade, ajudava pessoas necessitadas e em seu programa debatia temas e assuntos importantes denunciando diversos crimes na cidade e região. Ele foi assassinado com quatro disparos de arma de fogo em frente ao seu estúdio na Rua Henrique Dias, localizado em frente a sua residência, no dia 24 de abril, na presença de sua esposa. Em uma mega operação, dias depois, o autor do crime foi preso em Timbaúba, no bairro do Alto do Cruzeiro. Elton Jonas confessou a autoria do crime e disse ter matado José Carlos devido a má fama que o apresentador lhe deu na cidade.

Na época, o executor ao ser indagado por um repórter local sobre o disparo que atingiu a boca de radialista, ele respondeu friamente: "Atirei na cabeça, se pegou no rosto, azar dele". Frio e calculista, Jonas ameaçou de morte vários policiais e diversas autoridades na cidade.

Com informações da TVJornal e Blog do Carlos Araújo




ATENÇÃO! HAVERÁ A SEGUIR IMAGENS DO LOCAL DA OCORRÊNCIA.
SÃO CENAS FORTES E NÃO DEVEM SER VISTAS E NEM COMPARTILHADAS POR MENORES E PESSOAS SENSÍVEIS


0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Blog do Anderson Pereira.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-