terça-feira, 10 de novembro de 2020

Escolas particulares retomam aulas presenciais do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em Pernambuco

Retorno das atividades de estudantes dos anos finais ocorreu nesta terça (10). Ensino médio foi retomado em outubro. Estado chegou à última fase do plano de convivência com a Covid-19. Foto: Danilo César/TV Globo

As escolas particulares foram autorizadas pelo governo de Pernambuco a retomar, a partir desta terça-feira (10), as aulas para estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19 (veja vídeo abaixo).

No final de outubro, foi liberada a retomada de atividades presenciais para crianças e adolescentes obedecendo a um cronograma, que vai até 24 de novembro, quando volta o ensino infantil. O retorno ocorre, inicialmente, apenas para colégios da rede privada. O governo ainda estuda como fará a liberação para as escolas públicas (veja vídeo abaixo).
Em uma escola na Madalena, na Zona Oeste do Recife, os alunos foram recebidos com álcool em gel e receberam orientações para manter o distanciamento social. "A gente vai ter que se adaptar. como a gente se adaptou ao online, a gente vai ter que se adaptar às aulas presenciais assim", disse Lara, aluna do 8º ano.

Na instituição de ensino, foi preciso afastar cadeiras na sala de aula e demarcar espaços em pátios e áreas para o lanche dos estudantes, permitindo apenas um estudante por mesa na hora de comer. Como parte da adaptação, os alunos também recebem orientações para o cumprimento das normas de segurança (veja vídeo abaixo).

"Sempre nesse início, a gente já traz para os alunos essa conversa, para manter os protocolos para a segurança deles, das famílias e a nossa também", afirmou a diretora Patrícia Andrade.

Elaborado em julho pelo governo do estado, o protocolo para o retorno das atividades presenciais nas escolas durante a pandemia da Covid-19 inclui o uso de máscaras durante a permanência nas instituições de ensino, a disponibilização de álcool em gel para professores, estudantes e funcionários e o reforço da limpeza das dependências da escola.

Desde a terça (3), Pernambuco chegou à 11ª e última etapa do Plano de Convivência com a Covid-19, estabelecido pelo governo em junho. Com o avanço, o governo passou a permitir, a partir de avaliações semanais, o funcionamento de 100% da capacidade no serviço público, no comércio, salões de beleza, bares e restaurantes e serviços médicos, odontológicos e veterinários, além das escolas.

Segundo o cronograma, em 17 de novembro, podem, voltar à escola os alunos do 1º ao 5º ano de escolas particulares. Por fim, a partir de 24 de novembro, podem voltar os alunos da educação infantil da rede privada.

O que é permitido na etapa 11

Parques de diversão
Clubes sociais
Atividades esportivas (campos de futebol society e similares)
Eventos culturais, como cinema, teatro e similares (com até 300 pessoas)
Eventos sociais, como casamentos e festas (com até 300 pessoas)
Eventos corporativos (com até 300 pessoas)
Turismo em Noronha
Comércio de praia
Exposições e museus
Restaurantes e outros serviços de alimentação (com 70% da capacidade, das 6h à 0h)
Academias de ginástica
Futebol, sem público
Serviços de escritório
Comércio de veículos
Atividades esportivas individuais ao ar livre
Praias, parques e praças
Shoppings (no horário normal, das 10h às 22h)
Comércio varejista nos bairros
Salões de beleza
Indústria
Comércio atacadista
Construção civil.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-