sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Goiana: Comitiva de vereadores visita ocupação dos sem-teto no antigo Grêmio da Ponsa

38 famílias estão completamente desassistidas pelo Poder Executivo Municipal

Uma comitiva de vereadores visitou uma ocupação dos sem-teto, na tarde desta quinta-feira (20/02), com o objetivo de dialogar e buscar soluções de moradia para as 38 famílias que estão abrigadas, de forma improvisada e irregular, em meio ao abandonado canteiro de obras da Nova Feira Livre (terreno onde funcionava o antigo Grêmio da Ponsa), no Centro. De acordo com os ocupantes, cerca de 100 pessoas, incluindo diversas crianças, estão morando no local e não recebem nenhum tipo de assistência da Prefeitura de Goiana.
Sete vereadores, incluindo o presidente da Casa Legislativa, Carlinhos Viégas (PSB), declararam apoio à causa daqueles moradores e afirmaram que irão promover uma audiência pública na Câmara Municipal de Goiana com representantes da Prefeitura de Goiana e do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), para resolver a problemática que vem se arrastando há cerca de dois anos.
Uma das líderes do movimento, Verônica Ducilene, afirmou que há cerca de dois anos recebeu a autorização verbal do prefeito para ocupação do Grêmio da Ponsa, "Fizemos reunião com o prefeito e ficou acertado que ficaríamos aqui, mas por pouco tempo. Ele (prefeito) disse que não passaríamos mais de dois meses, já que arrumaria algum lugar melhor para morarmos. Isso já vai fazer dois anos. Até o banheiro químico que existia, eles (Prefeitura) tiraram", lamentou.
De acordo com o vereador Carlinhos Viégas, o local é inapropriado para habitação, altamente insalubre, não há banheiros químicos, está repleto de ratos e insetos, dentre outros animais; e os moradores ainda não recebem a devida assistência por falta de interesse do Poder Executivo Municipal. "Estamos aqui novamente com o objetivo de cobrar da Prefeitura uma ação para solucionar o problema de vocês. Todos os vereadores estão cobrando que seja concedido o auxílio-moradia para que vivam com mais dignidade, como solução a curto prazo. Hoje vocês vivem uma situação desumana e não podemos deixar que isso continue. Em dois anos vocês receberam apenas três cestas básicas da gestão, e enquanto isso, a Prefeitura arrecadou mais de R$ 800 milhões de reais e poderia ter feito muito mais por vocês, inclusive, através da entrega de moradias dignas", disse o presidente.
A comitiva contou com a presença dos vereadores Sargento Torres (PSB), Bruno Salsa (DEM), Deo do Bode (PT), Olga Sena (MDB), André Rabicó (PR) e Flávio Fuba (PSC).

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-