terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Com incentivo do Funcultura da Música: Goiana recebe projeto O Palco é a Rua nesta terça (03)

A partir desta terça-feira (03), O projeto “O Palco é a Rua – A Música nos Espaços Populares”, aporta em Goiana para pesquisar as dinâmicas de músicos de ruas da cidade. Capitaneado pela Theia Produtores Associados, através dos pesquisadores e produtores Laura Sousa e Guilherme Patriota, e com incentivo do Funcultura da Música, o projeto que já passou por algumas cidades do estado, fica em Goiana até o domingo (08).

A ideia é conhecer os artistas, traçar o perfil desses profissionais e entrevistá-los sobre as suas vivências nos espaços populares, passando por ruas, praças, transportes públicos, feiras, mercados, pontos turísticos e áreas que constituem espaços tradicionais das manifestações culturais de rua da cidade. O resultado do trabalho se desdobrará em um documentário. O lançamento está previsto para acontecer no início de 2020.
“Temos recebido muitos contatos, via redes sociais, de artistas, produtores e populares nos apontando músicos de rua e suas localizações de trabalho. Isso é um de nossos intuitos: o envolvimento da sociedade na pesquisa e a consequente valorização desses artistas tão importantes para o cotidiano das cidades brasileiras. Nossas interpretações passam pelo envolvimento social, pelo trato governamental e pelas próprias estratégias desses músicos, no caminho da sobrevivência e criação. Goiana e entorno (a Mata Norte), com certeza nos apresentará boas surpresas, como aconteceu no Agreste e Sertão,” afirma o produtor Guilherme Patriota.

A pesquisa já circulou por Petrolina e Caruaru, onde foram entrevistados mais de 40 artistas, que contaram um pouco sobre como a música entrou em suas vidas e como as ruas recebem diariamente as suas produções. Temas como sobrevivência profissional, reconhecimento social e narrativas de suas trajetórias, também foram abordados.
“A pesquisa de campo tem sido riquíssima. Cada cidade visitada vai apresentando características próprias para as práticas sociais dos músicos nos espaços populares. Conhecemos como as barcas, que fazem a travessia do rio São Francisco, entre Petrolina (PE) e Juazeiro (BA),  se transformam em “palcos” para os músicos, assim como nos surpreendemos com os jovens compositores de Caruaru que se apresentam próximos aos caixas eletrônicos dentro das agências bancárias. Dessa forma, nossa expectativa para Goiana é a melhor possível, tanto para a música tradicional popular, quanto para outras vertentes musicais que possamos acessar nos espaços públicos por lá”, conta a pesquisadora Laura Sousa.

Já é possível acompanhar uma parte da pesquisa, através de fotos, textos, vídeos e áudios já captados pelo projeto. O conteúdo sobre as culturas musicais das ruas e a sua estética social e cultural, em Pernambuco está disponível no site: www.opalcoearua.com.br. As publicações serão feitas semanalmente.

Após Goiana, "O Palco é a Rua - A Música nos Espaços Populares" segue para o Recife, com ações que ocorrem de 03 à 30 de janeiro de 2020.
SERVIÇO:
GOIANA RECEBE PROJETO O PALCO É A RUA
De 03 à 08 de dezembro, em Goiana.
Informações:
Guilherme Patriota - (81) 9 9164.2388 
Laura Sousa -  (81) 9 93843122.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-