segunda-feira, 9 de julho de 2018

Polícia: Foragido de Alcaçuz morre e outro é preso após troca de tiros com a PM na Zona da Mata de PE

Homens foram encontrados após interceptarem um ônibus de transporte intermunicipal em rodovia. Com a dupla, foram apreendidos um fuzil, munições e dois carros roubados

Um foragido da penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, morreu após trocar tiros com a Polícia Militar (PM) na PE-075, estrada que liga os municípios de Itambé e Goiana, na Zona da Mata e no Grande Recife. Durante a ocorrência, no sábado (7), um outro homem foragido do mesmo presídio foi detido e, com ele, as equipes da polícia apreenderam um fuzil, carregadores, munições e dois carros roubados.

Segundo a PM, a ocorrência teve início pouco depois das 16h, quando um grupo de homens armados interceptou um ônibus da empresa Progresso que fazia a linha Campina Grande/Recife e obrigou o motorista a fechar a PE-075. Não há informações sobre o tipo de crime que seria praticado por eles.

Ao chegar ao local da rodovia em que estava o ônibus, a PM iniciou buscas e encontrou os homens na comunidade de Tupaoca, no município de Aliança, na Zona da Mata. As equipes foram recebidas a tiros, revidaram os disparos e atingiram um homem de idade não informada.
Segundo a PM, ele foi levado a uma unidade de saúde no município de Condado, também na Zona da Mata, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Com ele, foram apreendidos um fuzil, seis carregadores com 39 munições e um carro roubado. Um policial também foi atingido de raspão no dedo, mas foi socorrido também em Condado e, depois de passar por atendimento médico, foi liberado.

Ainda durante a ocorrência, a Polícia também prendeu um outro homem, natural de Natal, no Rio Grande do Norte. Depois de a ocorrência ser registrada em Goiana, no Grande Recife, a PM constatou que os dois envolvidos eram foragidos de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte.

Outras pessoas que estavam com a dupla no momento da ocorrência fugiram do local. A PM, no entanto, realiza buscas para capturar os demais envolvidos. A reportagem entrou em contato com a empresa Progresso, responsável pelo ônibus interceptado, e aguarda retorno.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-