quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Negócios: Com 62% de brasileiros nas redes sociais, profissional de Marketing Digital tem destaque no mercado de trabalho

No Brasil, cerca de 130 milhões de pessoas tem contas em mídias sociais. Com maior acesso às marcas, empresas passam a investir cada vez mais na contratação de profissional especializado na comunicação digital

Há dez anos, um cliente insatisfeito contava para até 11 pessoas sobre uma má experiência vivenciada com uma marca. O impacto era considerado grave e poderia colocar em risco o faturamento mensal de uma empresa. Mas esse cenário mudou. Com a alta penetração da população nas redes sociais, hoje um cliente insatisfeito tem condições de mobilizar centenas de milhares de pessoas para muito além do território geográfico da marca de maneira negativa. No Brasil, são mais de 130 milhões de internautas com potencial para interagir diariamente com marcas e outros consumidores no ambiente digital.

O grande desafio das organizações, agora, é compreender como tornar positiva a experiência deste novo consumidor em canais de grande exposição e que demandam alta velocidade na resolução de problemas. Para Achiles Ferreira, coordenador do primeiro curso de graduação em Marketing Digital do Brasil, oferecido pelo Centro Universitário Internacional Uninter, já há uma transformação acontecendo no mercado de trabalho: as marcas estão à procura de profissionais altamente especializados em interações digitais. “Esse profissional precisa de formação sólida para concentrar esforços no relacionamento com clientes no ambiente virtual para garantir o crescimento do negócio”.

É interessante notar, avalia Achiles, que a exigência por um novo perfil profissional, com expertise direcionada ao Marketing Digital, vem de uma mudança no comportamento do consumidor que tem impactado a forma com que as marcas fazem comunicação. “A interação constante do consumidor trouxe desafios que o mercado não estava preparado para lidar. Um único comentário negativo pode gerar uma crise com crescimento exponencial em menos de 24 horas”, explica.

Apesar de as marcas já estarem cientes desse novo poder dos consumidores, muitas empresas ainda não têm uma equipe preparada para gerenciar relacionamento por meio do ambiente digital. De acordo com pesquisa realizada em 2017 pela agência Ad-Rank, 44% dos negócios pesquisados não têm definido um plano de ação em mídias digitais. Além disso, 33% ainda estão em processo de implementação. “É recomendável que as empresas direcionem seu olhar de forma mais eficiente ao mundo digital”, acredita Achiles.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-