segunda-feira, 23 de julho de 2018

Polícia: Bandidos disfarçados de policiais civis são presos em Condado

Durante a abordagem policial, o grupo armado estava em um veículo VW Fox e usava distintivos e camisas da polícia civil do estado de Pernambuco

Quatro criminosos foram presos em flagrante disfarçados de policiais civis na noite deste domingo (22), por volta das 18h, no município de Condado, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. A prisão foi realizada durante uma operação conjunta realizada por Policiais Militares da 3ª Companhia Independente de Goiana (ROCAM, Malhas da Lei, GT de Condado e Serviço de Inteligência NIAZM 2).

Segundo informações obtidas pelo Blog do Anderson Pereira, os quatro homens foram identificados como Fábio Wilson Silva Alexandrino, de 19 anos, Manoel Fabrício José Macedo, 26, Josemir Evangelista da Silva, vulgo "Patrik", 37, e David Rafael Ferreira Costa, de 24 anos e natural de Recife. Durante a abordagem policial, ocorrida na Rua Maria José Bezerra de Menezes, no centro de Condado, o grupo estava em um veículo VW Fox (cor branca, placas PCX-5942/Paudalho-PE e chassi final 38540) e usava distintivos e camisas da Polícia Civil do estado de Pernambuco, além de portarem um revólver calibre 38 com seis munições intactas e uma pistola Taurus PT calibre 380 com 5 munições intactas.

De acordo com a polícia, os meliantes afirmaram que estavam ali para cobrar um dívida e se vestiram de policiais para intimidar um suposto devedor. Após a prisão, o grupo confessou que ainda havia um segundo carro dando apoio - com mais um elemento -. As guarnições foram até o local informado, mas o quinto criminoso ao perceber a aproximação das viaturas efetuou diversos disparos contra o policiamento e conseguiu empreender fuga por dentro do mato. Um Fiat Palio Weekend (cor preta, placas PFP-0325/Vitória de Santo Antão-PE e chassi final 55000) foi abandonado pelo envolvido.

Ainda de acordo com a polícia, os elementos haviam assaltado um vigilante do Hospital Regional Belarmino Correia, em Goiana, e conseguiram subtrair seu revólver calibre 38. A vítima reconheceu os elementos.

A PM também afirmou que Manoel Fabrício também responde pelo crime de homicídio, e Josemir e David possuem um longo histórico de assaltos. Além destes crimes, David ainda possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo, expedido pela 12ª Vara Criminal de Recife.

O grupo foi conduzido para o plantão da 44ª Delegacia de Goiana, onde foram autuados em flagrante delito pelo crime de usurpação de função pública, porte ilegal de arma de fogo e assalto, sendo encaminhados para audiência de custódia.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-