terça-feira, 12 de junho de 2018

Operação Botafogo: Polícia Civil de Goiana prende grupo que interditava BR-101 e apedrejava carros para assaltar

Sete mandados de prisão foram expedidos na Operação Botafogo, que também teve oito mandados de busca e apreensão emitidos

A Polícia Civil prendeu quatro pessoas envolvidas em assaltos a passageiros de transporte coletivo e carros de passeio, na Rodovia BR-101 Norte, em Goiana, no Grande Recife. De acordo com os investigadores, os bandidos costumavam interditar as pistas e jogar pedras nos carros, para abordar os veículos. Os detalhes das prisões foram divulgados nesta segunda-feira (11).

"Eles arremessavam pedras e colocavam obstáculos na BR-101, para que os veículos parassem. Eles chegavam em motocicletas e abordavam, agindo com brutalidade, para roubar malas, celulares e joias", apontou o delegado Herbert Martins, responsável pelas investigações.

As capturas fizeram parte da Operação Botafogo, que também cumpriu oito mandados de busca e apreensão. Ao todo, foram expedidos sete mandados de prisão, sendo um deles contra um reeducando do sistema prisional. Outras duas pessoas estão foragidas.
As investigações começaram em fevereiro de 2018 e, no cumprimento dos mandados, participaram 19 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, bem como 17 policiais militares. De acordo com o delegado, foram identificadas oito pessoas durante as investigações.

Em Goiana, após a deflagração da operação, há mais de dez inquéritos de roubos em que o grupo é identificado. Todos os suspeitos moram na comunidade do Botafogo, em Goiana. Outras pessoas ainda são investigadas.

"Tudo começou em função dos registros de ocorrências registradas em Goiana, de roubos qualificados em que elementos estavam roubando famílias e condutores, no trecho entre Recife e Goiana", afirmou o delegado.

A Operação Botafogo, deflagrada no domingo (10), foi a 21ª operação de repressão qualificada realizada este ano, em Pernambuco. Os suspeitos, presos na Cadeia Pública de Goiana, respondem pelos crimes de associação criminosa e roubo qualificado.

G1
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-