quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sem investimentos: Rodovia que liga municípios da Mata Norte de PE está repleta de buracos

PE-89 corta a cidade de Timbaúba e vai até o entrocamento da PE-90. DER informou que obras na estrada deverão começar em agosto próximo.

A PE-89, importante rodovia para a circulação dos moradores da Zona da Mata Norte de Pernambuco, sofre com a falta de manutenção. Os buracos se multiplicam ao longo da via, prejudicando a viagem e o bolso dos motoristas. Em muitos trechos, não há asfalto.

A estrada liga o município de Timbaúba ao entroncamento com a PE-90. Com a pista danificada, os veículos precisam andar em zigue-zague, mesmo quando é preciso dividir a mesma faixa com outros carros, o que aumenta o risco de acidentes. "O carro caiu na buraqueira. Foi desviar e caiu dentro da ribanceira", disse o repositor de mercadorias Cleiciano Lima.

Com tanto buraco, não há suspensão e pneu que aguentem. Motoristas afirmam que o prejuízo financeiro é incalculável. "Tem que fazer, de seis em seis meses, a manutenção do carro. Estoura tudo, o motor, o pneu, acaba com a suspensão", afirmou.

Em vários trechos a estrada também está cheia de terra. Até as viagens curtas exigem bastante paciência dos condutores. O motorista Cristiano Silva diz que gastando o dobro do tempo normal para fazer o trajeto entre as cidades da região. "[Com a estrada boa, a viagem é feita] entre 20 a 25 minutos. Agora, [leva] em torno de uma hora", comentou.

Além do gasto de tempo, a preocupação do caldeireiro Rivaldo é com assaltos na rodovia. "Muito perigoso. É arriscado passar por aqui e ser assaltado e não tem condições mais nenhuma", afirmou.

Os moradores da região denunciam que a estrada não recebe recapeamento há quase 10 anos. Uma placa na rodovia indica que ela deve ser restaurada do trecho do entroncamento com a PE-90, em Limoeiro, no Agreste até a BR-408, em Timbaúba, na Mata Norte. A obra vai custar quase R$ 25 milhões.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE) explicou que a recuperação da pista deve começar na segunda quinzena de agosto, quando diminuem as chuvas na região, com conclusão prevista dentro de um ano. Sobre a insegurança dos motoristas, a Polícia Militar informou que dois carros e duas motos atuam na região mas que, a partir desta noite de terça (30), dois carros do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) vão começar a a fazer rondas no local. A população pode ajudar a polícia com informações pelo número (81) 3633-4960.

G1
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-