quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Concurso: Correios está escolhendo organizador para concurso de 6.600 vagas

Os Correios estão realizando os preparativos do próximo concurso, como a definição da organizadora, conforme havia informado o presidente da estatal, Wagner Pinheiro de Oliveira. Além disso, a empresa faz um levantamento de quais cargos e localidades estão sem cadastro de reserva e necessitam ser contemplados na seleção. Segundo o presidente, serão oferecidas cerca de 6.600 vagas, ou seja, as contratações que podem ser feitas em janeiro e abril (3.301 em cada mês), de acordo com determinação do Ministério do Planejamento.

A maior parte será destinada ao nível médio, nas carreiras de carteiro, operador de triagem e transbordo e atendente comercial, com remuneração de R$1.632,75, incluindo cerca de R$550 de vale-alimentação e R$140 de cesta básica. Além disso, haverá oportunidades para o médio/técnico, onde deverão ser contemplados as funções de técnico de operação e técnico de atendimento e venda. Para esses funcionários, a remuneração é de R$2.367,13, incluindo os auxílios. Já para o superior, a seleção deverá abranger os mesmos cargos do último concurso, realizado em 2011. As funções foram para enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho, analista de saúde em Medicina e Odontologia e analista de Correios, entre outras. Os ganhos, nesse caso, são de R$4.202,22.

A seleção anterior serve como base de estudo para aqueles que pretendem concorrer à próxima. Na ocasião, os participantes foram submetidos à prova objetiva, onde foram cobradas questões das disciplinas de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Informática, Inglês e Administração Pública) e de Conhecimentos Específicos, cujo conteúdo variou de acordo com o cargo. Em seguida, os concorrentes às carreiras de carteiro e operador passaram por uma avaliação de capacidade física laboral. Nesta etapa, foram cobrados exercícios de barra fixa, corrida de 12 minutos (homens fizeram 2.200 metros e mulheres, 1.800 metros) e dinamometria (manual, escapular e dorsal). Os Correios ainda oferecem a seus funcionários benefícios como vale-alimentação (cerca de R$550), vale cesta básica (no valor de R$140), vale-transporte, plano de saúde, plano medicamento e auxílio-creche, entre outros.

Folha Dirigida
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-