sexta-feira, 9 de março de 2018

Economia: Projeto pretende capacitar mais de 200 mulheres na Zona da Mata de Pernambuco

O curso, em corte e costura, vai abranger os municípios de Itambé, Vicência, Paudalho e Lagoa do Carro; Projeto já capacitou mais de 5 mil mulheres em outras regiões

A ampliação do espaço da mulher no mercado de trabalho tem sido um dos debates mais frequentes da atualidade. Pensando nisso, a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) vai investir na formação em corte e costura de 230 mulheres dos municípios de Itambé, Vicência, Paudalho e Lagoa do Carro, na região da Zona da Mata Norte. O curso começa no mês de março, com uma duração de dois meses.

O projeto, que já acontece desde 2012, já capacitou mais de 5 mil mulheres em outras regiões. Os municípios de Cupira e Altinho fornecem hoje para grandes lojas, a exemplo da Renner e Riachuelo. Em outros municípios, a formação teve continuidade com o objetivo da criação de cooperativas, e algumas delas construíram seu próprio negócio rentável e vem se fortalecendo no mercado de confecção têxtil.

"O impacto social e econômico é um fator importante, pois representa uma nova perspectiva às mulheres desempregadas, onde a taxa de desemprego é um problema crucial não só em Pernambuco como em todo o Brasil.", explica o diretor de Suporte Estratégico da AD Diper, André Freitas. 

Após a capacitação, está previsto que algumas das associações recebam o selo ABVtex. Com o selo, cooperativas ficam mais próximas de vender seus produtos a grandes redes varejistas.

Contempladas

As mulheres vinculadas à Associação Mário Lemos Falcão de Apoio à Cultura e à Edução (AMFACE) e autônomos das regiões, além do convênio com as prefeituras de Vicência e Lagoa do Carro. 

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-