quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Economia: AD Goiana começa a discutir impactos sociais

A AD Goiana realizou na manhã desta segunda-feira (24/09) uma reunião com entidades e órgãos governamentais do município para discutir a elaboração de projeto visando a contenção dos efeitos colaterais que surgem com o crescimento econômico advindo da instalação de grandes empreendimentos na cidade.

O objetivo inicial do projeto é de atuar no canteiro de obras da construção da fábrica da Fiat para evitar que surjam problemas dos mais diversos junto aos milhares de trabalhadores que ali estarão tanto no período da construção - no pico da obra serão 7.000 trabalhadores, quanto na própria operação da montadora, que terá 4.500 funcionários.

“A AD Goiana agora vai buscar inserir também a sociedade civil e instituições nas discussões acerca do desenvolvimento de Goiana, a fim de que conjuntamente possamos atenuar os problemas que surgem com o crescimento econômico e seus efeitos colaterais”, afirma o presidente da AD Goiana, Rodrigo Augusto.

De acordo com o assessor de comunicação da AD Goiana, Hélder Gadelha, a reunião foi provocada pela agência após reunião com a diretoria da Fiat, que se dispôs a doar um quiosque para que as ações do projeto que está sendo elaborado possam ser implementadas. “A ideia é de um projeto onde será disciplinada, por exemplo, a venda de alimentos, e contará com balcão de informações sobre a cidade, área para venda de artesanato, ações de prevenção de saúde, atos religiosos, apresentação de grupos culturais, etc.”, destaca Gadelha.

Participaram da reunião, além da diretoria da AD Goiana, Ernani Miranda, secretário municipal de Saúde; Fábio Cavalcanti, assessor da promotoria de Justiça da Infância e Juventude (MPPE); Edjane Urbano, do Centro de Referência da Mulher; Nildete Maria, coordenadora da Coordenadoria da Mulher; Risomere Rezende, da Secretaria de Políticas Sociais e Desportos; Jonas Nascimento, da Casa de Apoio à Criança São Pedro; Roberta Soares, representante do Conselho Tutelar; e Severino Ferreira, representante da Igreja Assembleia de Deus.

Uma nova reunião foi marcada para hoje (27/09), novamente no auditório da AD Goiana, às 09h, quando os participantes da primeira reunião irão trazer um esboço das ações que poderão ser incorporadas ao projeto.

Assimp/AD Goiana
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-