quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Ricardo Costa: A Política não pode destruir a Hemobrás!

O deputado Ricardo Costa usou novamente a Tribuna na tarde dessa quarta (13), onde afirmou o desrespeito ao povo de Pernambuco, à Hemobrás e ao dinheiro público está em erupção por parte do Governo Federal, mas precisamente, o Ministério da Saúde, que iniciou outro caminho para prejudicar a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia.

Na  última sexta-feira (08/09), O Ministério da Saúde publicou uma etapa da licitação para comprar 300 milhões de Unidades Internacionais (UI) do fator VIII recombinante para abastecer o Sistema Único de Saúde (SUS) por seis meses de 2018, medida que descumpre o contrato firmado de adquirir exclusivamente via Hemobrás até 2022, quando ela terá condições de fabricar o produto em solo nacional. Para se ter ideia, a licitação representa 60% do volume e das receitas de 2017, que, no total, gira em torno de US$ 120 milhões. A Shire, fornecedora atual do medicamento à Hemobrás, já solicitou o embargo do edital.

“Minha gente, tá na cara que o problema da Hemobrás é algo altamente político. E quero ressaltar que as  resoluções em relação a ela se darão pela via política. Hoje, vejo com preocupação, grande número de pessoas que estão entrando na política com o rótulo de ser a solução dos problemas, nos levando assim, a situações ainda mais complicadas do que as atuais. Política tem que ser feita por quem entende. Limpar a política é uma atitude que não podemos perder de perspectiva e de vista, pois no próximo ano terá eleições e o povo precisa ficar antenado e fazer a limpeza necessária para eliminar os péssimos políticos espalhados em nosso país. Deixo essa reflexão e ressalto mais uma vez que precisamos continuar unidos e atentos a todo o processo no que se refere a HEMOBRÁS”, falou Ricardo Costa.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-