sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Polícia: PM recaptura "Jaspion" após fuga em audiência de custódia. Ele é foragido da Justiça do RN e seria estuprador

De acordo com a polícia, o elemento é acusado de estuprar duas mulheres e uma adolescente de 14 anos, além de possuir três mandados de prisão em aberto por roubo

Policiais Militares do 2º BPM, sob a coordenação do Tenente Coronel Lamenha Lins, recapturaram, na manhã desta quinta-feira (14), um preso identificado inicialmente pelo vulgo de "Jaspion", no município de Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. O elemento conseguiu fugir após audiência de custódia no Fórum de Nazaré da Mata, na tarde da quarta (13). Ele foi preso por Policiais Civis da 44ª Delegacia de Goiana acusado de furtar moradores de um condomínio no centro da cidade de Goiana.

Leia também:

Segundo informações apuradas pelo Blog do Anderson Pereira, o preso inicialmente identificado como Jeová Valdevino dos Santos, apelidado por "Jaspion", se chamaria na verdade Jeová Soares de Lima, vulgo "Galo Cego", de 25 anos e natural de Arez-RN. O criminoso encontrava-se foragido da Justiça do RN e estava se escondendo em Goiana-PE há alguns meses, com uma identificação falsa. De acordo com a polícia, o indivíduo é acusado de estuprar duas mulheres e uma adolescente de 14 anos, além de possuir três mandados de prisão em aberto pelo crime de roubo.

O criminoso classificado como de alta periculosidade cumpria pena por estupro e roubo no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal, de onde escapou há mais de três meses. Ele cumpria pena pelo estupro de mãe e filha, em novembro de 2015, na frente do homem que é marido e pai das vítimas, respectivamente. A fuga em 31 de maio correspondeu a segunda vez que o estuprador conseguiu escapar do CDP Nova Parnamirim.

Quando esteve foragido, a "Galo Cego" foram atribuídos outros crimes. O criminoso parece não ter deixado de atacar. Em junho, teria estuprado uma mulher de 28 anos. De acordo com fontes policiais, ele havia roubado o celular da vítima e pediu que ela decidisse se deixaria que ele a estuprasse ou se preferia que ele atacasse a sua filha de apenas 12 anos, que também estava no local, no lugar dela. Diante da situação, a mãe teria optado em ser violentada.

O acusado foi recolhido para o sistema penitenciário do RN, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Com informações do Portal Noar / Blog do Anderson Pereira
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-