segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Polêmica: Prefeito em exercício de Goiana ocupa prédio histórico

Prefeito Osvaldo Rabelo Filho, afastado por problemas de saúde (segundo a sua Assessoria), também participou da ação, mas por vídeo conferência

O prefeito em exercício de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, Eduardo Honório Carneiro, ocupou às 10h desta segunda-feira (4) o prédio histórico que foi batizado como Paço Municipal Heroínas de Tejucupapo. O ato é polêmico porque vai de encontro a um convênio firmado entre o ex-prefeito Fred Gadelha e a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio do qual foram obtidos recursos junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento visando transformar o prédio na âncora do chamado Plano de Turismo do Centro Histórico de Goiana.

Segundo Eduardo Honório, a prefeitura estava de acordo com o convênio até que a separação foi estabelecida. Foi combinado, entre eles, a divisão do ambiente entre centro cultural e gabinete do prefeito. No entanto, o espaço oferecido não agradou o município. O prefeito Osvaldo Rabelo Filho, afastado por problemas de saúde (segundo a sua Assessoria), também participou da ação, mas por vídeo conferência. "Quero ver nos tirarem daqui", disse em chamada.

"Nos deram uma salinha, de 63 metros quadrados, nos fundos, com a porta para o lado de fora do prédio", conta o Procurador Geral do Município, Alcides França. "O prefeito disse que não. O prédio era do município, vai continuar sendo daqui", completou Alcides. Segundo o Procurador Geral, o convênio não estava dentro da lei. Não houve consulta pública e nem a maioria da Câmara para aprovar. Por isso, não se vê motivo para que o dinheiro gasto pelos órgãos envolvidos na restauração seja reembolsado", completou.

A população é favorável ao movimento. Os moradores de Goiana queriam ter um prédio da prefeitura fixo. "O prefeito está fazendo certo. Gadelha não tinha de ter doado nosso prédio", disse o morador Arnaldo Ramos. "Onde é que já se viu uma cidade sem prefeitura?", questionou o morador.

Com informações da: FolhaPE
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-