quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Promovido pelo TCE: Goiana e Rio Formoso vão receber Oficina de Patrimônio Cultural

As cidades de Goiana e Rio Formoso, localizadas na Zona da Mata Norte e Sul de Pernambuco, respectivamente, serão as próximas a receber a Oficina sobre Gestão do Patrimônio Cultural e de Obras de Restauro, realizada pelo TCE em parceria com a Escola de Contas. Os encontros acontecem nos dias 23 e 24 (Goiana) e 30 e 31 deste mês (Rio Formoso).

As oficinas têm como objetivo orientar gestores e técnicos dos órgãos e secretarias municipais sobre os procedimentos e cuidados a serem adotados na definição e execução das políticas de preservação do patrimônio histórico cultural.

As primeiras capacitações aconteceram nas cidades de Paudalho (dias 30 e 31 de maio) e de Brejo da Madre de Deus, (08 e 09 de junho) e reuniram 63 representantes de órgãos públicos, entre prefeitos, vereadores, controladores e secretários municipais, diretores das pastas de Educação, Planejamento, Obras, Infraestrutura, Cultura e Turismo.

Na ocasião, os servidores Odilo Brandão e Eduardo França, da Gerência de Auditorias Temáticas, Estudos e Desenvolvimento do TCE, abordaram questões relacionadas à gestão da preservação cultural (políticas urbanas, sistema de cultura, educação patrimonial e afirmativa, dentre outras) e a intervenções em bens afetados por proteção legal (obras de restauro, revitalizações, planos de manutenção e de uso).

A oficina é composta também por um módulo prático que consiste em uma visita técnica ao núcleo histórico da cidade, visando relacionar as discussões teóricas com ocorrências práticas.

Até o fim do ano estão previstas outras seis oficinas, conforme quadro:



MUNICÍPIOS PARTICIPANTES
CIDADE DE REALIZAÇÃO
DATA
Goiana, Abreu e Lima, Aliança, Araçoiaba, Condado, Fernando de Noronha, Itamaracá, Itambé, Itapissuma, Itaquitinga, Nazaré da Mata, Paulista e Tracunhaém.
- Goiana
23 e 24 de agosto
Rio Formoso, Água Preta, Amaraji, Angelim, Barreiros, Belém de Maria, Canhotinho, Catende, Cortês, Cupira, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Palmeirina, Panelas, Quipapá, Ribeirão, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu e Jurema.
- Rio Formoso
30 e 31 de agosto

Os participantes da Oficina receberão exemplares do livro Auditoria Cultural – Intervenções em Bens Culturais Afetados por Proteção Legal, lançado pelo TCE-PE, de modo a compor o acervo bibliográfico de cada município.

0 Comentários:

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-