quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Itaquitinga: Secretário de Justiça apresenta CIR a presidente do TJPE

O grupo conheceu alguns espaços que compõem a URSA-I, como o módulo de serviço (cozinha, refeitório, lavanderia e padaria), área destinada à saúde, celas e ambientes voltados para escola e laborterapia

A fim de apresentar ao Poder Judiciário os avanços implementados no Centro Integrado de Ressocialização (CIR), localizado no município de Itaquitinga, na Zona da Mata Norte do Estado, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, levou juízes e representantes do Tribunal de Justiça e da Defensoria Pública de Pernambuco para conhecer as obras do complexo prisional, na manhã desta terça-feira (29). O presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, também acompanhou a comitiva.
O grupo conheceu alguns espaços que compõem a Unidade de Regime Semiaberto I (URSA-I), como o módulo de serviço (cozinha, refeitório, lavanderia e padaria), área destinada à saúde, celas e ambientes voltados para escola e laborterapia. “Apresentamos aos operadores do direito essa experiência do que poderá vir a ser um presídio mais humanizado, onde não será cultivada a espiral da violência e da corrupção. Onde será posto em prática um processo mais consistente de ressocialização” assegura o secretário Pedro Eurico.

“Estou impressionado. É um empreendimento grandioso, dotado de todos os equipamentos modernos tanto na área de segurança quanto na estrutura física. Esse novo complexo certamente permitirá uma oferta maior nas condições de ressocialização, preservando a dignidade da pessoa humana” destaca o presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo.

O CIR é composto de cinco unidades, com capacidade para receber até cinco mil presos, além das Unidades de Apoio ao Complexo (UAC). A obra foi retomada em janeiro de 2016 e a primeira unidade do complexo, a URSA-I, deverá entrar em funcionamento até o final deste ano.

Também participaram da comitiva o desembargador Mauro Alencar, os juízes de execuções penais Roberto Bivar e Cícero Bittencourt, o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Roberto Franca, e o subdefensor Público Geral, Fabrício Silva de Lima, além de secretários-executivos e servidores da Seres e Patronato Penitenciário.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-