terça-feira, 6 de junho de 2017

Enquanto isso: Salário atrasado dos servidores de Goiana se arrasta por quase seis meses

Vencimentos de dezembro ainda são incertos

Os servidores efetivos e contratados da Prefeitura de Goiana que estão com os salários atrasados, referente ao mês de dezembro de 2016, continuam sem qualquer previsão sobre o pagamento dos seus vencimentos. Até o momento apenas especulações sobre a possibilidade de parcelamento, mas nada foi declarado oficialmente e nem possui data exata para o solucionamento do caso.

Internautas do Blog do Anderson Pereira afirmam que a atual gestão não vem demonstrando boa vontade para resolver o impasse. Durante entrevista do procurador-geral do município, Alcides França, na manhã desta segunda-feira (06), na Goiana FM - rádio de propriedade do prefeito Osvaldo Rabelo Filho "Osvaldinho" (PMDB) -, foi informado que a atual gestão pretende pagar a folha de pagamento em atraso, mas não confirmou datas e não explicou detalhadamente por quais motivos a gestão ainda não efetuou o devido pagamento.

Segundo Alcides França, a Prefeitura ainda irá propor para o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a realização de uma audiência, com a participação dos sindicatos e aberta para toda a população. A ideia da atual administração é dar transparência ao processo e chegar a um acordo com o MPPE e os sindicatos para realizar o pagamento de forma parcelada. A audiência pública ainda não tem data definida para acontecer. Mas, o procurador-geral do município confirmou que ainda essa semana será entregue ao MPPE a solicitação para a realização da mesma.

Irritada com a demora do cumprimento de uma simples obrigação trabalhista, uma professora da rede municipal comentou que vive de pagar multas e juros de contas atrasadas, que se acumularam com o atraso salarial de dezembro, "Espero que a Prefeitura nos pague com juros e correção monetária, pois quando a nossa conta atrasa, temos que pagar multas e juros exorbitantes. A gente está vivendo de pagar juros sobre juros. Onde foi parar nosso dinheiro?", criticou.

Enquanto isso, depois de quase seis meses de espera, os servidores do município de Goiana terão, infelizmente, que continuar aguardando um posicionamento da atual gestão ou dos órgãos fiscalizadores.

Com informações do Blog do Felipe Andrade / Blog do Anderson Pereira

0 Comentários:

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-