sexta-feira, 5 de maio de 2017

Teatro: O Patrocínio - A Comédia estreia hoje (05) no Sesc Ler Goiana

“O Patrocínio - a comédia” estreia nesta sexta-feira (05 de maio), às 20h, no Teatro do SESC, em única apresentação. O espetáculo estreou em 2016 no Rio de Janeiro realizando uma temporada bem sucedida com elenco carioca. O autor e diretor José Maria Rodrigues apresenta uma nova montagem onde reúne no palco o ator pernambucano Lira Júnior com os atores paraibanos Fábio Praga e Andry Lira.

A peça aborda o sonho de uma jovem cantora que vai a uma empresa investidora em busca de patrocínio e recebe uma cantada. Ela retorna revoltada, fala para o marido que também indignado, planeja retornar com o projeto, contratando uma falsa artista. Tudo corre como programado, mas, um pequeno detalhe faz a história tomar outro rumo. O dramaturgo José Maria Rodrigues é paraibano de Mamanguape e reside no Rio de Janeiro há mais de 40 anos.  O texto dele “Via Sacra” apresentada na Rocinha é Patrimônio Cultural Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro.

O primeiro município do Nordeste a receber “O Patrocínio - a comédia” é Goiana. A trupe também estará se apresentando no dia 12, no Auditório do Fórum Miguel Sátyro de Patos, dia 14, Theatro Santa Ignez Alagoa Grande, dia 20, Teatro Geraldo Alverga Guarabira, dias 26 e 27, no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa/PB.

Os ingressos são limitados e já estão à venda no Roma Café & Bistrô e Restaurante Buraco da Gia.  O valor inteiro do ingresso vai custar R$ 20,00 e R$ 10,00 a meia-entrada. A Comédia conta com o patrocínio da Água Rabelo e Minds English School. Além do apoio cultural da Pousada Aconchego Praia Bela Pitimbu, Roma Café & Bistrô, Restaurante Buraco da Gia, Blog do Anderson Pereira, Blog Goiana TV, Guia Minha Cidade, Sônia Aguiar Fotografia, Art Chantylli, Pipocas Social Club, NTU, D & F Stúdio de Beleza, Gráfica JB e Adesivo 2. A Direção de Produção e Assessoria de Imprensa é de Sheilla Martins. Realização da Taba Cultural Editora do Rio de Janeiro.

O Teatro Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira do Sesc funciona na Rua do Arame, s/n, Centro, Goiana/PE.

SERVIÇO

“O Patrocínio - a comédia” 
Texto e Direção: José Maria Rodrigues
Dia: 05 de maio (sexta-feira) – única apresentação
Horário: 20h
Local:  Teatro Do Sesc - Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira
Endereço: Rua do Arame, s/n, Centro, Goiana/PE.
Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos
Valor do ingresso:
R$ 20,00 (inteira)
R$ 10,00 (meia-entrada)
Forma de pagamento: Dinheiro

Ponto de vendas: Roma Café & Bistrô e Restaurante Buraco da Gia.

Patrocínio: Água Rabelo e Minds English School.
Apoio cultural:  Pousada Aconchego Praia Bela Pitimbu, Roma Café & Bistrô, Restaurante Buraco da Gia, Blog do Anderson Pereira, Blog Goiana TV, Guia Minha Cidade, Sônia Aguiar Fotografia, Art Chantylli, Pipocas Social Club, NTU, D & F Studio de Beleza, Gráfica JB e Adesivo 2.

Mais informações pelo telefone: (81) 3626-5961
Contato e reservas de ingressos: smassessoriaeproducoes@gmail.com

Não é permitida a entrada no teatro após o início do espetáculo. Em caso de atraso, não haverá substituição e/ou devolução do valor do ingresso.

SOBRE:

FICHA TÉCNICA

Texto e Direção: José Maria Rodrigues
Elenco: Fábio Praga, Lira Júnior, Andry Lira e José Maria Rodrigues.
Figurino: Lúcia Chianca
Fotos: Sônia Aguiar Fotografia
Direção de Produção local e Assessoria de Imprensa: Sheilla Martins
Realização: Taba Cultural Editora do Rio de Janeiro

SINOPSE - O PATROCÍNIO (A comédia)

A peça trata do estado de corrupção que permeia nossas relações. Demonstra que somos contra a corrupção, mas deixamos que nossas relações sejam contaminadas por ela, às vezes de forma sutil, quase imperceptível, ou como justificativa na luta contra alguma injustiça.

Uma jovem cantora vai a um patrocinador em busca de patrocínio, mas em vez disso ele lhe dá uma cantada, melhor, insinua que o patrocínio só acontecerá se ela sair com ele. Ela retorna revoltada, fala para o marido e ele também revoltado, grita contra o estado de corrupção que assola nossa sociedade. Ele é contra a corrupção, resolve se vingar e ainda tirar proveito da situação. Tem a ideia de contratar uma garota de programa para se passar por uma cantora usando a voz da mulher. Corpo de uma e voz da outra, e manda ao patrocinador. Depois que o patrocínio saísse eles iriam gastar como quisessem, porque o patrocinador não teria moral para contestar. Tudo corre como programado, mas um pequeno detalhe faz a história tomar outro rumo. O projeto destina-se a público adulto.

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-