sexta-feira, 28 de abril de 2017

Indústria: Fábrica da Jeep/Fiat Chrysler em Goiana completa 2 anos

Polo produziu mais de 220 mil Jeep Renegade, Compass e Fiat Toro

Há 2 anos, em 28 de abril de 2015, a FCA abria as portas de sua segunda fábrica no Brasil, o Polo Automotivo Jeep, localizado em Goiana, região da Zona da Mata de Pernambuco (leia aqui). As operações iniciaram com a produção do Jeep Renegade e de lá para cá acrescentou-se à linha os modelos Jeep Compass e a picape Fiat Toro, nesta ordem. Neste período, a unidade entregou mais de 220,7 mil unidades, das quais 30 mil foram exportadas para países da América Latina, como Argentina, Colômbia, Chile, Paraguai, Uruguai e mais recentemente o México, que passou a receber o Renegade este mês.

A planta tem capacidade para montar 250 mil unidades por ano e é fruto do investimento total de R$ 7 bilhões e emprega atualmente 8 mil pessoas, considerando o parque de fornecedores.

Veja também:

“A produção do Polo trouxe a marca Jeep para a liderança da categoria dos SUVs, com o Renegade e o Compass. Celebrar os dois anos de operação da fábrica representa a consolidação de nossos valores, que são a autenticidade, a liberdade, a aventura e a paixão”, afirma o diretor de marca da Jeep para América Latina, Gabriel Razzotti.

Considerada a fábrica mais moderna do grupo no mundo, o polo se tornou referência no sistema de produção adotado em todas as unidades fabris da companhia, o World Class Manufacturing (WCM). Com layout inovador, a planta pernambucana foi projetada para um sistema de gestão que prioriza a utilização de métodos e ferramentas para eficiência máxima dos processos, o desenvolvimento humano e o combate ao desperdício. Em dois anos, a planta registra 800 projetos de melhorias de processos desenvolvidos pelos próprios funcionários.

Suas exportações são responsáveis pelo crescimento de 147% da movimentação no pátio de veículos do Porto de Suape em 2016. No primeiro trimestre deste ano, este índice de alta é de 48% com relação ao mesmo período do ano passado, com o embarque de 8,3 mil unidades, volume que corresponde a 72% do total de veículos que passaram pelo porto.

0 Comentários:

 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-