quinta-feira, 30 de março de 2017

Violência: Após arrastão no Centro, ônibus universitário é alvo de assalto no distrito de Goiana

Os moradores do município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, estão atualmente convivendo um verdadeiro caos social diante do aumento da criminalidade com registros e relatos de furtos e roubos diários, e consequentemente a completa sensação de insegurança e abandono do Governo.

Há poucos dias, três elementos armados em um Siena de cor prata praticaram um arrastão no Centro da cidade. Os bandidos armados roubaram aproximadamente sete aparelhos celulares das vítimas, que estavam em uma pizzaria na Rua da Conceição, além de um grupo de jovens, que estavam conversando na frente de casa, na Rua Augusta, abordados enquanto os criminosos fugiam sentido Rua da Baixinha.

Já na última semana, no dia 22 de março, os estudantes técnicos e universitários que retornavam do Recife por volta das 23h foram alvos de um assalto na Rodovia PE-049, próximo do destacamento policial e da comunidade de Povoação de São Lourenço, no distrito de Goiana. Segundo uma das vítimas, que repassou detalhes do crime ao Blog do Anderson Pereira, dois criminosos se aproximaram do ônibus, quando ele reduzia a velocidade em uma lombada e anunciaram o assalto na frente do transporte, de posse de uma faca e o outro com uma espingarda calibre 12 apontada para o motorista. A dupla efetuou o roubo de vários equipamentos eletrônicos e objetos pessoais dos estudantes, promovendo momentos de tensão e terror aos passageiros, além de agressão física ao condutor do transporte.

"Eles entraram no ônibus e botaram o terror em todo mundo. Botaram a faca no meu pescoço e espancaram o motorista. As meninas chorando. Minha vida não valia nada na mão deles. Quando cheguei em casa e falei para os meus familiares, minha mãe nem dormiu direito, chorando. E o pior é que temos que enfrentar esse dilema todos os dias e não tem policiamento no local, mesmo tendo um destacamento, que estava fechado na hora do assalto. Os bandidos são de São Lourenço mesmo, pelo que alguns estudantes disseram. Absurdo isso. Falta de segurança total no ônibus e olhe que estamos pagando R$ 200 pelo serviço", desabafou um dos estudantes, que preferiu não se identificar.

Enquanto isso, o Governo do Estado finge que está tudo bem em relação a segurança pública de Pernambuco e os criminosos estão cada dia mais agressivos e audaciosos, sabendo que o Estado nada faz - efetivamente - para resolver o impasse com a PM e dar melhores condições e estrutura para os policiais (Civis e Militares) no combate a criminalidade crescente em Goiana e região.

A 44ª Delegacia de Polícia de Goiana investiga o caso.

BlogdoAndersonPereira
 
-
-
Todos os direitos reservados à Anderson Pereira. Obtenha prévia autorização para republicação.
-